Serviço: afinal, você conhece as partes do pneu do seu carro?

Serviço: afinal, você conhece as partes do pneu do seu carro?

goodyear-assurance-tripletred_3

Você já ouviu falar de banda de rodagem, costado e talões? Sabe o que essas palavras significam? As informações abaixo vão ajudá-lo a conhecer melhor os pneus do seu automóvel.

“Os pneus são o único ponto de contato do veículo com o solo, portanto são essenciais para a segurança do automóvel e devem estar sempre em bom estado de conservação. Por isso, é muito importante conhecer o componente e as partes que o compõem, além de ter os cuidados corretos para prolongar sua vida útil. Um dos pontos a serem observados é fazer a calibragem com a pressão correta, que é indicada pelo fabricante do veículo”, afirma Fabrice Weisgal Wermus, gerente de marketing de pneus de passeio da Goodyear do Brasil.

Inicialmente, é interessante que você entenda quais são as partes de um pneu. Podemos dividi-las em seis:

goodyear

1 – Banda de rodagem

2 – Costado

3 – Talões

4 – Carcaça

5 – Cintas estabilizadoras de aço

6 – Overlay

A banda de rodagem é o componente que fica em contato com o solo. Ela proporciona ao pneu tração, frenagem, dirigibilidade, capacidade de dispersão de água e quilometragem satisfatória.

O costado tem a função de amortecer parcialmente os impactos sofridos pela banda de rodagem e proteger a carcaça lateralmente contra impactos e fricções. Os talões, por sua vez, ancoram o pneu ao aro e evitam seu deslizamento longitudinal.

wrangler-mtr-kevlar-cutaway

Feita de poliéster, a carcaça suporta a carga e a pressão interna do pneu, além de receber e transmitir a força propulsora do motor do veículo ao solo. A função das cintas estabilizadoras de aço é estabilizar a configuração ou forma do pneu, permitindo melhor contato do componente com o piso. Elas também protegem a carcaça contra impactos, cortes e perfurações.

Finalmente, o overlay limita e estabiliza o trabalho das cintas. Também minimiza o efeito de deformação no pneu causado por altas velocidades, fazendo com que a banda de rodagem se mantenha em contato com o solo. 

 

 

Sem Comentários

Insira um Comentário