Fórmula 1: gafe da Heineken gera polêmica no GP do Canadá

Fórmula 1: gafe da Heineken gera polêmica no GP do Canadá

image1.img.640.medium

Começou com polêmica a parceria entre a Heineken e a Fórmula 1. Primeiro com a ausência de qualquer referência por parte da cervejeira holandesa nas suas redes sociais, e depois por uma tremenda gafe.

f1_heineken1-807x346

A cervejeira, que vai investir na Fórmula 1 algo como 220 milhões de euros (quase R$ 1 bilhão) até 2023, promete promover a competição junto do público mais jovem, nomeadamente através de forte agitação nas redes sociais.

f1_heineken_2-807x346

Mas quem visitar a página do Facebook e a conta de Twitter da Heineken não encontra qualquer referência à Fórmula 1, nem sequer um post acerca do acordo com a categoria rainha do automobilismo. Pior só as mensagens “Se for dirigir, não beba”, em inglês!    Ora a língua francesa é a oficial  da província do Québec que tem como lei impor que, em qualquer evento público internacional, haja uma equivalência, especificando que por três em inglês deverá haver três em francês. “Um gesto violento conta a população do Québec e a língua francesa, uma falta de savoir faire e de respeito”, escreveu, na edição de sábado, o diário  “Journal de Montréal”.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário