GP Europa: Rosberg reage e respira na liderança

GP Europa: Rosberg reage e respira na liderança

287550

No Azerbaijão, Lewis Hamilton bateu na classificação e abriu caminho para Nico Rosberg vencer de ponta a ponta

287517

Muita expectativa para a estreia do circuito de Baku, no Azerbaijão. Pista nova de rua é sinônimo de acidentes, o que não aconteceu. As raspadas no muro e batidas ficaram nos treinos, inclusive a de Lewis Hamilton (Mercedes-GP), o que obrigou o inglês a largar na 10ª posição, enquanto seu maior rival, o companheiro Nico Rosberg fez a pole.

Dada a largada, os pilotos mantiveram a cautela, Rosberg disparou na frente e não foi importunado pelo segundo colocado Sebastian Vettel (Ferrari).

287522

Umas pequenas disputas ocorreram entre Sergio Perez (Force India) e Kimi Raikkonen (Ferrari). O finlandês abusou do limite da pista e foi punido em 5 segundos, pena que não tirou a quarta posição, pois tinha muita vantagem em relação ao 5º colocado, o inglês da Mercedes.

Hamilton até tentou fazer uma daquelas corridas espetaculares, porém, o motor não ajudou. Ele tentou ajustar e o engenheiro, que não pode mais passar instruções por rádio, desaconselhou a fazer o que era necessário.

287531

Felipe Massa (Williams) largou bem na quinta posição, e seu carro não rendeu o esperado. Terminou em 10º, enquanto que o companheiro Valtteri Bottas foi o 6º colocado.

287585

Felipe Nasr (Sauber) cruzou a linha de chegada em 12º e considerou que fez a melhor corrida da temporada.

287582

Pelas características do circuito, o GP da Europa pode ser comparado com um desfile dos mais modernos carros de corrida do mundo.

287525

As regras também ajudam a ter provas modorrentas. O piloto só pode mudar a trajetória uma vez para se defender de uma ultrapassagem. A asa móvel pode ser aberta para ultrapassar, mas não pode ser aberta para se defender. Qualquer escorregada fora da linha tem punição, enfim, algo tem que ser feito para valorizar o braço e a ousadia do piloto.

Marcaram pontos no GP da Europa

287551

  1. Nico Rosberg
  2. Sebastian Vettel
  3. Sergio Perez
  4. Kimi Raikkonen
  5. Lewis Hamilton
  6. Valtteri Bottas
  7. Daniel Ricciardo
  8. Nico Hulkenberg
  9. Max Verstappen
  10. Felipe Massa

 

Mundial de pilotos

  1. Nico Rosberg-116
  2. Lewis Hamilton-107
  3. Sebastian Vettel-78
  4. Daniel Ricciardo-72
  5. Kimi Raikkonen- 69
  6. Max Verstappen-50
  7. Valtteri Bottas-44
  8. Felipe Massa-37
  9. Sergio Perez-24
  10. Daniil Kvyat-22

A próxima etapa está marcada para dia 03/07 na Áustria, o palco será o Red Bull Ring, casa da RBR. Em um autódromo tradicional, espero que ocorra um pouco mais de disputa.

Rapidinhas

Reiniciar

Logo nas primeiras voltas, Lewis Hamilton ganhou cinco posições. Depois seu carro não andava mais. Ele discutiu com o engenheiro, que não podia instruí-lo por causa das regras. O piloto tem que descobrir e resolver o problema sozinho. “Não sei qual é o problema, então não tenho como dizer o que era. Comecei a corrida com uma configuração ligada, e depois de um tempo recebi mensagens dizendo que estava errado. Eu desliguei e liguei e não aconteceu nada. E depois o motor voltou ao normal umas 10 voltas depois”, falou o inglês depois da prova.

 

Corrida para esquecer

287580

Depois de largar na 5ª posição, Felipe Massa terminou em 10º. A culpa foi dos pneus, de novo! “Mudei a estratégia em função dos pneus traseiros que acabava meu pneu e eu começava a perder ritmo, distância dos carros. Tive de mudar estratégia, pensava em uma, tive de ir para duas. Foi sem dúvida, uma corrida para esquecer”, declarou o brasileiro da Williams.

Sem acidentes, mas com qualidade!

287529

Sebastian Vettel da Ferrari atribuiu o fato de a corrida nas ruas do Azerbajão não ter acidentes a qualidade dos pilotos. “Em alguns lugares da pista, você precisa atacar de maneira muito agressiva as zebras. Acho que muita gente perdeu dinheiro hoje porque apostou em um Safety Car. Mas isso só mostra a alta qualidade dos pilotos”, afirmou o alemão.

Sem Comentários

Insira um Comentário