Fórmula 1: Briatore assume a culpa pelo fracasso de Alonso na McLaren

Fórmula 1: Briatore assume a culpa pelo fracasso de Alonso na McLaren

1444322473_extras_noticia_foton_7_1

O mau caráter Flavio Briatore,  ex-chefe da equipe Renault e ainda empresário de Fernando Alonso, admitiu pela primeira vez que a ida do espanhol para a McLaren-Honda terá sido um erro. “Foi um pouco minha culpa. Aconselhei-o a assinar porque pensava que a McLaren conseguiria solucionar as coisas rapidamente. Olhando os resultados, não há muito mais a dizer”, admitiu o italiano.

Alonso trocou a Ferrari pela McLaren-Honda no final da temporada de 2014, com Briatore afirmando que correr no meio do pelotão é como uma “reforma de luxo” para o espanhol. “Há dias, um jornalista perguntou se ele venceria novamente e todos riram”, relatou Briatore. “Alonso tem um contrato importante com a McLaren, já que pensava que a Honda seria bem mais competitiva”.

O italiano disse ainda à rádio italiana RAI GR Parlamento que Alonso não lamenta os cinco anos que passou na Ferrari. “Acho que a Ferrari é a equipe que ele mais amou”, assegurou Briatore. “Porém, houve um momento em que demasiadas pessoas começaram a falar e o ambiente tornou-se insuportável”, explicou. “Ele foi criticado por não ter sucesso, mas o carro não tinha velocidade para ficar na segunda fila, enquanto ele conseguia colocá-lo lá. Ele também teria sido campeão mundial em Abu Dhabi (2010) se tivessem acertado na estratégia”, concluiu.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário