Caso Dieselgate: consumidores reclamam do descaso da Volkswagen

Caso Dieselgate: consumidores reclamam do descaso da Volkswagen

dieselgate-main

A Organização Europeia do Consumidor está em “pé de guerra” com Volkswagen que ainda não pagou as indenizações acordadas com os proprietários europeus de veículos da marca afetados pela fraude nas emissões poluentes.

“Os consumidores da União Europeia foram enganados da mesma forma que os condutores norte-americanos e, portanto, merecem o mesmo tratamento”, afirma a organização, em comunicado divulgado pela agência espanhola de notícias EFE. Segundo a associação, que reúne 40 organizações de consumidores do continente europeu, o fabricante automóvel alemão não respondeu às petições para indenizar os proprietários europeus, pelo que serão tomadas medidas adicionais contra a empresa.

As organizações de consumidores em Itália (Altroconsumo), Espanha (OCU) e Bélgica (Test-Achats) já apresentaram queixas coletivas contra a Volkswagen e a associação austríaca VKI juntou-se, como particular, aos processos criminais, com o objetivo de obter indemnizações para os condutores.

vw_co2-807x346

O prazo para alcançar um acordo entre o grupo Volkswagen e os reguladores e consumidores norte-americanos termina a 28 de junho. O Tribunal Federal de São Francisco tem previstas indemnizações de mais de sete mil dólares (aproximadamente R$ 28 mil) para cada proprietário norte-americano afetado. Adicionalmente, o tribunal irá impor uma multa ao fabricante alemão e os condutores terão a possibilidade de revender os seus veículos à Volkswagen.

 Monique Goyens

Monique Goyens

“Seria um bom conselho para a Volkswagen oferecer um acordo similar aos proprietários comunitários europeus e esperamos que as autoridades nacionais finalmente rompam o seu silêncio e apoiem os consumidores”, afirmou a diretora-geral da Organização Europeia de Consumidores, Monique Goyens.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário