Toyota lidera o ranking BrandZ Top 100 das marcas automotivas mais valiosas

Toyota lidera o ranking BrandZ Top 100 das marcas automotivas mais valiosas

maxresdefault (1)

 

Nos últimos 11 anos o valor das marcas incluídas no ranking BrandZ Top 100 marcas globais mais valiosas realizado pela WPP e Millward Brown, cresceu 132%, atingindo um total de US$ 3,4 bilhões, 3% a mais que em 2015. Este ano, as categorias de automóveis e varejo acumularam valor total de US$ 139,9 bilhões e US$ 281,131 bilhões, respectivamente. Ambas foram marcadas por tendências de consumidores, para atender a crescente existência de um consumidor cada vez mais consciente dos acontecimentos ao seu redor e que exigem a mesma experiência em plataformas on-line e off-line.

Na categoria automóveis, a Toyota ainda é a marca mais valiosa do ranking. A empresa teve aumento de 2% em seu valor, atingindo US$ 29 bilhões de dólares, depois de ter trabalhado duro durante 2015, combinando liderança em tecnologia e uma estratégia de negócios que visam mercado amplo.

As montadoras BMW (US$ 26,8 bilhões), Mercedes-Benz (US$ 22,7 bilhões), Honda (US$ 13,2 bihlões) e Ford (US$ 13,1 bilhões) também mantiveram suas posições e continuam no ranking. Outra marca do setor automotivo que teve forte desempenho é a Porsche, que entrou no top 10 pela primeira vez e agora está avaliada em US$ 4,4 bilhões de dólares. Dentre elas, a marca que mais cresceu foi a Mercedes-Benz, com um aumento de 4%, atingindo US$ 22,7 bilhões. Contudo, o valor total das marcas automotivas que estão no top 10 diminuiu 3%, totalizando US$ 139,9 bilhões, refletindo mudanças nas regras da categoria e uma diminuição na confiança causada pela crise das emissões de gases poluentes.

Um exemplo desta disrupção é a chegada da marca Tesla. Ocupando a décima posição no ranking, com um valor de US$ 4,4 bilhões de dólares, a marca premium de carros elétricos, conquista esta colocação apenas um mês depois de entrar no mercado de automóveis com modelo mais acessível, o Tesla 3, que custa US$ 35.000.

Outra mudança importante no setor inclui um modelo no qual o usuário é o proprietário de um carro para um modelo em que o usuário tem acesso a um carro. O crescimento do Uber, por exemplo, tem permitido aos usuários escolherem uma marca com base no custo por mês, reposicionamento a categoria carro do fator “acessibilidade” para o fator “mobilidade”.

“O setor automotivo está passando por um período de grandes desafios, sendo um dos principais a crise relacionada a emissões de gases poluentes. Assim, as montadoras com marcas fortes encontram melhores condições para investir em novos modelos de negócios que envolvem a fabricação de carros elétricos. A chegada de Tesla, pela primeira vez no Top 10 mostra o quanto mudou a forma como a indústria se vê e reforça que apenas as marcas mais fortes serão capazes de fazer as mudanças estruturais necessárias para a indústria”, afirma Silvia Quintanilha, vice-presidente comercial da Millward Brown Brasil.

As 10 marcas de automóveis mais valiosas do BrandZ 2016

 Toyota-logo

Ranking 2016 Marca Valor da Marca 2016 (bilhões) Variação no valor da marca Ranking 2015 Ranking global Top 100
1 Toyota 29,501 +2% 1 28
2 BMW 26,837 +2% 2 33
3 Mercedes-Benz 22,708 +4% 3 39
4 Honda 13,195 -1% 4 74
5 Ford 13,084 0% 5 75
6 Nissan 11,479 +1% 6 92
7 Audi 9,497 -6% 7
8 Land Rover 4,732 -5% 9
9 Porsche 4,438 New
10 Tesla 4,436 New

 

 

 

 

Sem Comentários

Insira um Comentário