Cinema: ‘’1976 – O Ano da Invasão Corinthiana’’, mostra a saga dos corintianos

Cinema: ‘’1976 – O Ano da Invasão Corinthiana’’, mostra a saga dos corintianos

invasao2

Em 5 de Dezembro de 1976, há 40 anos, o Corinthians vivia um dos momentos mais marcantes e gloriosos de sua história: a Fiel Torcida Corinthiana invadiu a cidade do Rio de Janeiro para acompanhar a semifinal do Campeonato Brasileiro. O fato, conhecido como Invasão Corinthiana, é o tema do filme ‘’1976 – O Ano da Invasão Corinthiana’’, produzido pela Canal Azul em coprodução com a ESPN e dirigido por Ricardo Aidar e Alexandre Boechat. A estreia ocorre em 29 de setembro em cinemas da capital paulista e cidades do interior do estado de São Paulo, como Campinas e São José do Rio Preto.

O documentário traz depoimentos de jornalistas e ex-jogadores, além de torcedores que participaram desta invasão. Um grupo de amigos reviveu a emoção de refazer o trajeto Rio/São Paulo, em uma Kombi, junto com o goleiro Tobias, um dos heróis do jogo, contando a situação do clube na década de 70. Na data do acontecimento, o time estava há 22 anos sem ganhar títulos e com elenco considerado mais frágil que o adversário, e com o agravante da partida ocorrer no Maracanã, contra o Fluminense, conhecido, na época, como Máquina Tricolor.

Apesar de o grande protagonista ser a torcida alvinegra, o filme tem entre os destaques o depoimento do ex-jogador Roberto Rivellino. O ex-atleta jogou no Corinthians entre as décadas de 60 e 70, porém, em 1975, foi contratado pelo Fluminense, participando da partida contra o clube paulistano. Ainda assim, é considerado pela torcida um grande ídolo, sendo o clube onde marcou o maior número de gols da sua carreira. Além de Rivellino, pode-se esperar depoimentos de Basílio, Geraldão, Tobias, Zé Maria e Givanildo de Oliveira. ‘’1976 – O Ano da Invasão Corinthiana’’, além de documentar o inesquecível dia, explica, sem dúvidas, o motivo pelo qual a torcida do Corinthians é chamada de ‘’Fiel’.

torcedores_do_corinthians_deixaram_sao_paulo_s5

A produção durou cerca de quatro anos para ser concluída e contém imagens inéditas dos corinthianos fazendo fila na Via Dutra, ocupando a orla do Rio de Janeiro e festejando o time que ficou concentrado no Hotel Nacional.

O filme contou com patrocínio de Besni, Brahma, Nacional Tubos e UOL, além do apoio da Ancine (Agência Nacional de Cinema), Proac, Governo do Estado – Secretaria da Cultura e BNDES.

Ficha Técnica

Direção:Ricardo Aidar e Alexandre Boechat

Roteiro:Ricardo Aidar e Alexandre Boechat

Produção: Canal Azul

Coprodução: ESPN

Produção Executiva:Renata Rudge e Sylvio Rocha

Direção de Produção: Marcela Coelho
Montagem: Caio Rodriguez e Alexandre Boechat, AMC

Direção de Arte: Flávio Reis

Trilha Sonora: Marcos Azambuja

Edição de som e Mixagem: YB Music

Finalização: Zumbi Post

Distribuição: Conexão Cultural

Patrocínio: Besni, Brahma, Nacional Tubos e UOL

Data de realização: 2016

Duração: 90 minutos

 

Sem Comentários

Insira um Comentário