GP Japão: Hamilton perdeu o controle e Rosberg está com a mão na taça

GP Japão: Hamilton perdeu o controle e Rosberg está com a mão na taça

294301

Vitória de Nico Rosberg e a terceira posição Lewis Hamilton aproxima o alemão de seu primeiro titulo

A população da Terra do Sol Nascente adora a F-1, por isso lota o autódromo quando acontece o GP no seu país. E no último domingo (09/10) não foi diferente, compareceu em massa e assistiu uma corrida bem movimentada, uma das melhores da temporada.

294311

A agitação começou na classificação, o alemão Nico Rosberg da Mercedes-GP marcou a pole com apenas 13 milésimos na frente do companheiro Lewis Hamilton.

Na largada, o inglês mostrou que sentiu a pressão de perder a liderança por causa do motor que estourou na Malásia, e aí errou feio. Quando as luzes vermelhas apagaram, o carro não saiu do lugar e o atual campeão caiu para a oitava posição.

294334

Lewis em uma corrida de recuperação é um espetáculo à parte, e assim foi. Ele ultrapassou na pista, aproveitou-se das trocas de pneus até chegar à terceira colocação.

Então encontrou o mais jovem piloto da categoria na frente, Max Verstappen (RBR).

294364

Hamilton aproximava-se rapidamente, mas o holandês conseguia tracionar melhor na saída da chicane o que impossibilitava ao piloto da Mercedes ultrapassar na reta dos boxes quando o motor de seu carro falava mais alto.

Mas ele não desistiu. Na última volta tentou ‘dar o bote’ e Verstappen fechou a porta no meio da curva, o que obrigou Hamilton a sair da pista para não bater.

294350

Assim, sem ser incomodado, Nico Rosberg recebeu a quadriculada preta e branca na primeira posição, abriu 33 pontos de vantagem para o principal rival e está bem próximo de ganhar o primeiro titulo da carreira.

Hamilton foi prejudicado nesta temporada por várias falhas no sistema de propulsão de seu carro, o que não aconteceu com Rosberg. Para o alemão perder o titulo, só com problemas mecânicos que o obrigue a abandonar.

294129

Sem chances de disputar as primeiras colocações do campeonato, Felipe Massa (Williams) fez uma boa corrida. Ele largou na 12ª posição e terminou na 9ª, seguido pelo companheiro Valtteri Bottas. O time optou por largar com pneus duros, retardou a parada e conseguiu beliscar uns pontinhos. Não foi suficiente para ultrapassar a Force India, mas se manteve como a quinta melhor equipe. E Felipe Nasr (Sauber) largou na 20ª posição e terminou em 19º, com a mesma estratégia.

Marcaram pontos no GP do Japão

  1. Nico Rosberg
  2. Max Verstappen
  3. Lewis Hamilton
  4. Sebastian Vettel
  5. Kimi Raikkonen
  6. Daniel Ricciardo
  7. Sergio Perez
  8. Nico Hulkenberg
  9. Felipe Massa
  10. Valtteri Bottas

 

Mundial de pilotos

  1. Nico Rosberg- 313
  2. Lewis Hamilton- 280
  3. Daniel Ricciardo- 212
  4. Kimi Raikkonen- 170
  5. Max Verstappen- 165
  6. Sebastian Vettel- 165
  7. Valtteri Bottas- 81
  8. Sergio Perez- 80
  9. Nico Hulkenberg -54
  10. Felipe Massa- 43

Dia 23/10 tem mais. A F-1 desembarca nos Estados Unidos, no Circuito das Américas. O campeonato de construtores já está definido, a Mercedes-GP levou mais um. Hamilton tem esperança de virar o jogo, para isso terá que colocar a cabeça no lugar e torcer por algum problema com Rosberg.

 

Rapidinhas

Ainda falta ponto

Rosberg deslancha e abre vantagem no campeonato, mas mantém a cautela. “Trinta e três pontos parece muito, mas já vimos o quão rápido isso pode mudar, como na Malásia. Se você quebra na liderança e o outro piloto ganha, a diferença já cai para oito pontos. Este ainda é um esporte mecânico”, falou o vencedor na coletiva de imprensa.

Protesto retirado

 

A manobra de Max Verstappen para impedir a ultrapassagem na última volta deixou dúvida. Ele pode mudar a trajetória, mas não durante a frenagem. Boatos dão conta de que a Mercedes protestou, mas retirou o pedido rapidamente.”Não existe protesto meu ou da Mercedes. Um idiota disse isso, mas não é verdade. Max pilotou bem, ponto final. Seguimos em frente”, declarou Hamilton.

 

Pontos importantes

294359

Apesar de não brigar pela ponta, Felipe Massa gostou do nono lugar obtido no Japão. “Conseguimos marcar pontos com os dois carros depois de ficarmos em 13º e 14º durante a primeira parte da prova. Acho que foi uma boa corrida e a estratégia funcionou muito bem”, avaliou o brasileiro.

Sem Comentários

Insira um Comentário