Gastronomia: cervejas para harmonizar com comidas típicas alemãs

Gastronomia: cervejas para harmonizar com comidas típicas alemãs

142253238247

Há exatos 206 anos atrás, no dia 12 de outubro, um rei apaixonado resolveu celebrar seu casamento com uma festa em que todos pudessem participar. O rei bávaro Ludwig I e sua mulher, a Princesa Tereza da Saxônia, organizaram uma festança com corrida de cavalos para todos os moradores de Munique, na Alemanha, em um parque longe do centro chamado Theresienwiese. O evento fez tanto sucesso que se repetiu ano a ano até os dias de hoje, inclusive no mesmo parque. Hoje, o evento conhecido como Oktoberfest, é considerado o maior festival de cervejas. Para celebrar o mês da “Oktober”, a Sommelière da Wbeer.com.br, e-commerce que seleciona e entrega cervejas em todo o país, – Flávia Oliveira, indica harmonizações de cerveja com pratos típicos alemães.

Freigeist Kopenickiade

Freigeist Kopenickiade

Atualmente essa festa acontece em diversos países. No Brasil, a festa realizada em Blumenau é considerada a segunda maior do mundo, atrás apenas da festa original. Todos os anos milhares de turistas passam por essa experiência de muita cerveja, comida e música. A sugestões de Flávia são para os que também querem celebrar em casa, basta escolher uma boa cerveja e sua comida favorita do estilo germânico.

Les Trois Mousquetaires Grande Cuvee Weizenbock

Les Trois Mousquetaires Grande Cuvee Weizenbock

O Brezel – como é chamado o Pretzel alemão- é um pãozinho entrelaçado em forma de nó, assado e salgado. Para acompanhar o petisco, a Beer Sommelière indica a Pack Eisenbahn Kolsch, que, segundo ela, é uma cerveja leve que limpa o palato do sabor salgado marcante do Pretzel. Outra opção salgada, e pela qual a Alemanha é muito conhecida, são as variedades de salsicha. Para a salsicha branca, Weißwurst, feita com vitela, a melhor pedida é um rótulo do estilo Weisbeer, como a Erdinger Weissbier Mit Hefe. Flávia explica que este é o prato típico de café da manhã da Baviera que acompanha mostarda doce. “Há algo profundamente satisfatório nessa harmonização, algo que desafia a explicação lógica e sensorial “, completa a Beer Sommelière.

Baden Baden Bock

Baden Baden Bock

Já com as salsichas vermelhas – Wurst, que normalmente acompanham a famosa conserva de repolho alemã fermentada, o chucrute, a harmonização perfeita é com uma cerveja tradicional de Berlim, a Freigeist Kö penickiader. O prato Eisbein, o joelho de porco, é uma carne bem tenra e suculenta. Flávia explica que a chave para a harmonização desta comida é uma cerveja com toques defumados como a Freigeist Abraxxxas Pear Lichtenhainer, do estilo Berliner Weisse, uma variação da cerveja branca do norte da Alemanha. Essas cervejas ácidas eram muito consumidas no período medieval. ” Essa é uma bebida cheia de personalidade e que, além de resgatar uma tradição, é uma boa combinação para o joelho suíno” diz a Beer Sommelière.

Freigeist Abraxxxas Pear Lichtenhainer

Freigeist Abraxxxas Pear Lichtenhainer

O Apfelstrudel é uma torta de maçã com massa folhada que pode ser comida com creme de baunilha. Para esse doce, Flávia sugere o rótulo Les Trois Mousquetaires Grande Cuvée Weizenbock, esse estilo alemão de trigo possui dulçor e toques de toffee, caramelo e frutas secas que casa com os sabores da maçã, açúcar e canela presentes na sobremesa. Uma opção mais doce é a Torta Alemã que vai bem com o rótulo Baden Baden Bock. Para a Beer Sommelière, o dulçor maltado desse estilo que apresenta notas de tostado faz um bom par para as sobremesas com base de chocolate e o creme da torta complementa o sabor do caramelo presente na bebida. “Para quem acha que cerveja e sobremesa não combinam está aí: Match certeiro! “, diz Flávia.

Sem Comentários

Insira um Comentário