Serviço: dicas para recuperação de retrovisores

Serviço: dicas para recuperação de retrovisores

imagem80_1

Os retrovisores externos dos veículos estão entre as peças que mais sofrem avarias em pequenos acidentes, como choques contra colunas em garagens, contra retrovisores de outros carros e também com o guidão de motocicletas, comuns nas grandes cidades. Mas, o que muitos motoristas não sabem é que há possibilidade de fazer diversos tipos de reparo, sem a necessidade de trocar o componente inteiro.

Bruno Abdalla, sócio-diretor do Shida Serviços Automotivos, comenta que o objetivo é reduzir o custo do cliente, mantendo a qualidade e originalidade da peça. “Cada espelho quebra de uma maneira diferente. Pode haver, por exemplo, dano apenas no pisca (luz de direção) da capa externa e, nesse caso, não trocamos o retrovisor todo, apenas o pisca. Um espelho, que na concessionária pode ter preço de R$ 2.000 a R$ 5.000, dependendo do modelo e marca do carro, realizamos a troca por um valor bem menor. A lente de uma Ferrari custa R$ 5.000, mas fizemos recentemente a substituição por R$ 700, a peça ficou perfeita e o cliente satisfeito. Outro exemplo é o espelho do Volvo XC60, que custa mais de R$ 1.000 e fazemos a substituição por R$ 450.”

Segundo o especialista, é comum o sistema retrátil do retrovisor elétrico apresentar problema, mas não é necessário trocar o componente inteiro, apenas o motor do sistema. Se quebrar o pé do retrovisor, peça de fixação do espelho na carroceria, ou apenas a capa do componente, é possível substituir esses itens por um preço bastante acessível. “Temos um grande estoque de peças originais e, no caso da capa, pintamos na cor original do carro, instalamos e a peça fica perfeita.”

 

 

Sem Comentários

Insira um Comentário