Corinna Schumacher cria a ONG “Keep Fighting” em homenagem a Michael

Corinna Schumacher cria a ONG “Keep Fighting” em homenagem a Michael

13142231453_2c236ccd65_b

Michael Schumacher completou ontem, terça-feira dia 3 de janeiro, 48 anos de idade. O sete vezes campeão de Fórmula 1 continua a sua luta pela vida. Uma luta sem fim que é a sua maior batalha.

Três anos depois do acidente que o deixou dependente a ajuda de terceiros até para as mais pequenas coisas. O apoio da mulher do ex-campeão de Fórmula 1, Corinna, tem sido por isso fundamental. Corinna e Michael são casados desde 1991.

Na casa da família, na Suíça, foram criadas todas as condições para que lhe sejam facilitados os cuidados médicos que necessita, mas como nem todas as pessoas têm as condições financeiras necessárias para enfrentar adversidades semelhantes, Corinna criou uma organização sem fins lucrativos para ajudar os mais carenciados. “Queremos incentivar as pessoas a não desistir”, começa por dizer no comunicado de apresentação da iniciativa “Keep Fighting”. “Eu sempre acreditei que desistir não é opção, que devemos sempre lutar, mesmo quando as hipóteses de vitória são ínfimas”, explicou.

michael-corinna-2-d

Quanto ao estado de saúde do antigo piloto de Fórmula 1, continua envolto em mistério e secretismo. Tanto a família como a equipe médica mantêm-se em silêncio. A representante da família, Sabine Kehm, disse apenas que é um assunto privado e pediu que os admiradores de Schumacher ajudassem a causa apresentada por Corinna. “Só assim poderemos transformar um evento trágico, que afeta toda a família Schumacher, em algo positivo”, explicou.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário