Apresentação: Honda mostra WR-V, seu novo SUV compacto global

Apresentação: Honda mostra WR-V, seu novo SUV compacto global

 

honda_strip_77356_3_full

Ele chegou para fazer história! Foi criado e desenvolvido aqui esmo no Brasil, lá em Sumaré, QG da Honda South America! De quem estamos falando? Obviamente do novo Honda WR-V, o mais novo integrante da família de SUVs da marca oriental que completa, este ano, 20 “primaveras” de fabricação de automóveis aqui no País. A chegada do WR-V  ao mercado está prevista para o mês de março.

O WR-V é um veículo inédito será o novo integrante da família que também inclui os consagrados modelos HR-V e CR-V. Seu  projeto foi liderado pelo team de Pesquisa e Desenvolvimento da Honda Automóveis do Brasil, o WR-V traz o DNA global da marca, que busca, em todos os seus veículos, colocar o ser humano no centro de seu desenvolvimento, com excelência em qualidade.

honda_strip_77356_4_full

A Honda South America criou este novo conceito batizado de “Little Giant”- o “Pequeno Gigante”, que é traduzido na forma de um SUV robusto, com uma carroceria compacta, mas que traz amplo espaço interno e versatilidade, aliado à um baixo consumo de combustível. Seu objetivo é atender a uma grande gama de consumidores que busca um automóvel prazeroso para a condução diária nas cidades, mas também confortável para viagens.

honda_strip_77356_8_full

O design externo do WR-V destaca a robustez do SUV com base no conceito “Wild Armor”, criado especificamente para esse modelo. Ele é refletido em uma frente elevada, marcante e com grade frontal que evoca a linha de SUV da Honda, com design expressivo dos faróis com luzes de uso diurno (DRL) em LED.

honda_strip_77356_10_full

O design traseiro e sua lateral trazem traços mais horizontais e lanternas que se prolongam pela linha de cintura. Seu desenho traz muita harmonia de proporções, com entre-eixos largo, boa altura de rodagem e conjunto de roda/pneu com grande diâmetro. Ele é complementado pelo friso cromado na tampa traseira e pelo para-choque com molduras fortes. O conjunto dinâmico do WR-V foi projetado para permitir altura do solo, vão livre e ângulos de ataque e saída compatíveis com a proposta de um SUV, sem comprometer o conforto e a agilidade de um modelo compacto.

honda_strip_77356_9_full

As suas dimensões são compactas: 2.555 mm de entre-eixos, 4.000 mm de comprimento, 1.730 mm de largura e 1.660 m de altura, o WR-V traz medidas compactas que o tornam ágil de condução em grandes centros urbanos. Os 1.790 mm de vão livre do solo e os ângulos de ataque e saída de 21º e 33º, garantem boa dinâmica, mesmo em pisos mais irregulares.

hondawrv_7

A suspensão do Honda WR-V conta com amortecedores com batente hidráulico e diâmetro de cilindro reforçado, barra estabilizadora robusta, projetada para minimizar a rolagem da carroceria, garantindo estabilidade mesmo com uma altura do solo mais elevada. As buchas frontais são mais robustas, bem como a travessa de suspensão, com enfoque no conforto de rodagem. O eixo traseiro tem seu desenvolvimento baseado no HR-V e traz alta rigidez para o aumento do conforto e dirigibilidade. A caixa de direção EPS (Electric Power Steering), é eletricamente assistida, desenvolvida especificamente para o WR-V, permitindo um raio de manobra de apenas 5.300 mm.

2ejhwzm95i46qfw7enyn3vuhi

O WR-V é equipado com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, o mesmo de seus irmãos Fit e City, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. Criada pela Honda, a tecnologia i-VTEC varia o tempo e a profundidade de abertura das válvulas para obter a máxima eficiência em diferentes regimes de rotação. Com isso, o WR-V traz excelente desempenho e economia de combustível, que garantiu nota A na avaliação do Conpet na categoria “esporte utilitário compacto”, com agilidade similar a de veículos com maior cilindrada. Com etanol, esse propulsor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m à 4.800 rpm. A transmissão CVT possui conversor de torque, proporcionando uma resposta mais rápida e aceleração linear.

Sem Comentários

Insira um Comentário