European  Car of the Year 2017: Tecnologias Magneti Marelli nos melhores carros da Europa  

European  Car of the Year 2017: Tecnologias Magneti Marelli nos melhores carros da Europa  

 

A Magneti Marelli, umas das principais fornecedoras de sistemas automotivos do mundo, ganha destaque mais uma vez na Europa. Dessa vez por conta do Prêmio Car of the Year 2017, que consagrou o Peugeot 3008 como o carro do ano naquele mercado, além da presença de suas tecnologias em diversos modelos que ganharam destaque no Salão de Genebra, que ocorreu neste mês de Março.

A escolha do Peugeot 3008 coube a um júri composto por 58 jornalistas de 22 países. Todos os carros foram submetidos a testes e avaliações de cada um dos jurados, para só então receberem a pontuação que combinava design, conteúdo e preço. E a Magneti Marelli criou soluções high-tech para o modelo consagrado da marca francesa, como o quadro de instrumentos de 12 polegadas do i-Cockpit e a tela de 8 polegadas para o sistema de infoentretenimento, ambos com a tecnologia TFT (Thin Film Transistor). O quadro de instrumentos pode ser configurado e vem com tecnologia 3D. Tecnologias Magneti Marelli também são encontradas nas luzes traseiras em LED e no corpo de borboleta motorizado, componente do sistema de injeção de combustível do motor.

Outros três veículos finalistas da premiação também contam com tecnologias Magneti Marelli. O Alfa Romeo Giulia é equipado com sistema de infoentretenimento com tela de oito polegadas em TFT, com efeito “black panel” e tecnologia “optical bonding”, módulo CDC – Chassis Domain Control – para a versão Quadrifoglio, faróis halógenos e Xenon adaptativos, luzes traseiras em LED, componentes para suspensão, sistema de escape e componentes powertrain. Já o Citroën C3 vem com corpo de borboleta motorizado para os motores a gasolina 1.0 e 1.2 e o Mercedes-Benz Classe E  recebe as luzes traseiras em LED.

Alfa Romeo Stelvio

Novidade da Alfa Romeo, o SUV esportivo Stelvio chegou com muita personalidade à Genebra. Para o modelo, a Magneti Marelli fornece tecnologias nas áreas de iluminação, sistemas eletrônicos, powertrain, suspensão e escape. Destaque para os faróis Xenon de 35W com unidade de controle do sistema adaptativo, além das lanternas traseiras em LED com o estilo característico dos mais recentes modelos Alfa Romeo. Outras tecnologias que equipam o Stelvio são computador de bordo, sistema de infoentretenimento, unidades de controle eletrônico (2.0 e 3.0 a gasolina), coletores de admissão (2.0 a gasolina e diesel 2.2) e corpos de borboleta motorizados (2.2 diesel). Completam a participação da Magneti Marelli no Alfa Romeo Stelvio o sistema de escape, suspensões e componentes de plástico, além do módulo CDC – Chassis Domain Control – da versão Quadrifoglio. Trata-se de uma unidade de controle, que representa o “cérebro” dos sistemas eletrônicos de bordo do veículo e que otimiza a sua dirigibilidade e o seu desempenho através da adoção preditiva de protocolos de controle e gerenciamento que coordenam os sistemas chave do carro. O sistema antecipa e controla situações críticas, informando antecipadamente as unidades de controle específicas envolvidas no sistema eletrônico através da rede interna do veículo.

A Magneti Marelli também inovou com a exposição de tecnologias fornecidas para o novo Compass, no estande da própria Jeep, onde o modelo foi destaque. O novo modelo da DS, o DS7 Crossback, é equipado com faróis full-LED, adaptativos e com uma característica peculiar: são compostos por módulos de LEDs independentes, que são ativados conforme as condições de uso (cidade, rural, auto-estrada, condições meteorológicas adversas e farol alto).

Muitos supercarros apresentados em Genebra também são equipados com os sistemas de iluminação Magneti Marelli Automotive Lighting, entre eles os Porsche Panamera Sport Turismo e Audi RS5. Opel Insignia Grand Sport e Sports Tourer e Suzuki Swift também são equipados com sistemas de iluminação da Magneti Marelli.

O Porsche Panamera Sport Turismo também adotou a tecnologia Magneti Marelli nos componentes de Powertrain, assim como fizeram Citroën Aircross, Seat Ibiza, Skoda Kodiak e Suzuki Swift.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário