Tecnologia: aplicativos também auxiliam os bombeiros em salvamentos veiculares

Tecnologia: aplicativos também auxiliam os bombeiros em salvamentos veiculares

Compêndio de Fichas de Resgate Veicular – Segurança Veicular

A segurança veicular evolui a cada dia e muitas mudanças nos veículos estão sendo feitas para melhorar a proteção aos ocupantes. Muitos equipamentos modernos estão sendo instalados nos veículos em locais antigamente impensáveis, como as colunas, tetos dos veículos e até em cintos de segurança, por exemplo. Também há reforços estruturais nos veículos para que protejam a área onde os passageiros estão, o chamado habitáculo.

Para que esses equipamentos funcionem, exige-se também uma eletrônica avançada para controlar tudo isso e para também dispará-lo no momento exato. Isso acontece em equipamentos pirotécnicos, que são aqueles que produzem uma “mini explosão” interna para que, rapidamente, infle um airbag, por exemplo. Ou um cinto de segurança com pré-tensionador, que retrai o cinto em fração de segundos para afastar o ocupante do painel e adequar o ocupante no banco. Esses equipamentos “explodem” para proteger os ocupantes. Mas eles não explodem, ou melhor, deflagram todos em um acidente. Isso quer dizer que em um impacto lateral não há a deflagração do airbag frontal. É claro que, se o carro bater em todas as posições, pode haver a deflagração de todos os airbags, mas essa possibilidade é remota, visto que esse tipo de acidente também ocorre com pouca frequência.

Toda essa proteção é muito importante, pois aumenta a possibilidade dos ocupantes de ter menos ferimentos após uma colisão. Mas após uma colisão forte com vítimas presas às ferragens, há a necessidade de se retirar as vítimas do veículo e, essa remoção, é feita por meio de uma operação de salvamento veicular.

Essa operação é realizada pelo Corpo de Bombeiros e, atualmente, há uma forma mais rápida e segura de evitar riscos aos militares da equipe de salvamento veicular na hora de um resgate, auxiliando assim a equipe a chegar ao local de salvamento já conhecendo a estrutura do veículo. Através de um aplicativo que reúne fichas de resgastes veiculares de mais de 300 modelos de diversas montadoras, o aplicativo tem o objetivo de informar ao Corpo de bombeiros a localização dos dispositivos que podem causar riscos ou demora no atendimento à vítima.

Buscando o veículo por montadora e modelo, o aplicativo mostra onde estão posicionados equipamentos nos veículos que podem dificultar o resgate ou até ferir alguém da equipe de salvamento, como por exemplo a deflagração de um airbag em direção à equipe durante a necessidade de corte de uma carroceria para resgate da vítima.

No aplicativo há a localização exata de alguns dispositivos importantes para o conhecimento da equipe de salvamento. São eles:

Geradores de gás itens que podem explodir caso sejam cortados, como um gerador de gás para um airbag de cortina ou um gerador de gás de cinto de segurança com pré-tensionador.

Bateria ajuda na desativação de equipamentos eletrônicos a fim de deixar os equipamentos inoperantes.

Módulos de controle – com o corte das carrocerias, pode haver a deflagração de um equipamento pirotécnico, por exemplo.

Localização de reforços na carroceria áreas reforçadas para proteger os ocupantes, mas que podem ser mais difíceis de serem cortadas em caso de salvamento.

Localização de amortecedores No corte de uma parte da carroceria, essa peça pode se deslocar rapidamente, podendo ferir alguém.

Localização de tanque de combustível como há líquido inflamável, pode causar um incêndio facilmente.

Localização de itens de segurança em caso de capotamento como há veículos, geralmente os conversíveis, que possuem itens para a proteção dos ocupantes em caso de capotamento, esses equipamentos também podem ser pirotécnicos, necessitando de cuidados extras em um salvamento.

Com todas essas informações, os salvamentos às vítimas ficam mais ágeis, os riscos à equipe de salvamento são minimizados, preservando nosso bem mais precioso, a vida.

Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares