GP Bahrein: Vettel vence e Hamilton chega em segundo

GP Bahrein: Vettel vence e Hamilton chega em segundo

Nos treinos a Mercedes dominou, mas na corrida a Ferrari foi melhor e o alemão conquistou a segunda vitória da temporada

Num clima de favoritismo, a Mercedes-GP conquistou as duas primeiras posições do grid de largada. Valtteri Bottas marcou a primeira pole da carreira, Lewis Hamilton segundo e Sebastian Vettel (Ferrari) foi terceiro.

Na largada, o piloto da Ferrari ultrapassou seu principal rival na disputa pelo titulo, porque o carro de Hamilton demorou a tracionar.

Ai começou a perseguição. Bottas sem experiência de andar na frente, não conseguiu abrir. Aos poucos se formou uma fila atrás do finlandês.

Na 13ª volta, Vettel atendeu ao pedido da equipe e trocou os pneus. A manobra foi suficiente para ele assumir a liderança.

Logo após a troca da Ferrari, Carlos Sainz Jr e Lance Stroll (Williams) envolveram-se em acidente que obrigou a entrada do safety car.

A Mercedes fez excelente trabalho. Chamou os dois pilotos juntos para o boxe. Só não contava que Hamilton para ganhar tempo, diminuiu a velocidade bruscamente na frente de Daniel Ricciardo (RBR). O inglês foi punido em 5 segundos por causa da manobra.

Esta atitude forçou Hamilton a fazer mais uma parada para trocar pneus. Voltou na terceira posição andando muito forte.

Ultrapassou Bottas e foi à caça de Vettel, mas não tinha voltas suficientes para tentar reassumir a primeira colocação.

O brasileiro Feipe Massa (Williams) andou bem, dentro do que permiti o equipamento. Saiu em 7º, ganhou duas posições na largada. Com as trocas de pneus chegou a estar na 4ª colocação, mas sucumbiu a superioridade de Kimi Raikkonen (Ferrari) e Ricciardo. Ainda poderia ser pior. Max Verstappen (RBR) que também anda no pelotão da frente, errou e abandonou a corrida.

Marcaram pontos no GP da China

1) Sebastian Vettel

2) Lewis Hamilton

3) Valtteri Bottas

4) Kimi Raikkonen

5) Daniel Ricciardo

6) Felipe Massa

7) Sergio Perez

8) Romain Grosjean

9) Nico Hulkenberg

10) Esteban Ocon

Mundial de pilotos

1) Sebastian Vettel 68

2) Lewis Hamilton 61

3) Valtteri Bottas 38

4) Kimi Raikkonen 34

5) Max Verstappen 25

6) Daniel Ricciardo 22

7) Felipe Massa 16

8) Sergio Perez 14

9) Carlos Sainz Jr 10

10) Romain Grosjean 4

11) Kevin Magnussen 4

12) Esteban Ocon 3

13) Nico Hulkenberg 2

14) Daniil Kvyat 2

A nova configuração dos carros faz com que os times de ponta tenham desempenho diferente de acordo com a pista. No Bahrein a Mercedes foi muito bem nos treinos e a Ferrari se deu melhor em ritmo de corrida.

E na Rússia, próxima etapa da temporada (30/04), quem será melhor?

 

Rapidinhas

É brasileiro!

O jovem Max Verstappen não é rápido só na pista a língua também tem velocidade. No treino de sábado ele alegou que Felipe Massa o atrapalhou e ai disparou: “É brasileiro, então não há muito o que falar”.

Vai correr lá

E Massa não se intimidou, antes da corrida chamou Verstappen num canto e avisou: “Tome cuidado com o que você fala porque você vai ter que ir para o Brasil correr lá. Cuidado com o que você fala”. Nos tempos de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna isso não acontecia.

Fim de um ciclo

Fernando Alonso ganha muito dinheiro da japonesa Honda, que fornece o sistema de propulsão para a McLaren, algo em torno de US$ 70 milhões por ano. Mas não poupa críticas aos patrões. Durante a corrida esbravejou no rádio: “Nunca corri com tão pouca potência na minha vida!”. Na semana que antecedeu o GP, a equipe anunciou que o espanhol vai correr as 500 milhas de Indianápolis, por isso não participará do GP de Mônaco. Os dias de Alonso na F1 parecem caminhar para um triste fim.

Sem Comentários

Insira um Comentário