Fórmula 1: novas regras para identificação dos pilotos a partir de Barcelona

Fórmula 1: novas regras para identificação dos pilotos a partir de Barcelona

A FIA revelou os detalhes sobre as alterações que obrigam as equipes de Fórmula 1 a aumentar o tamanho dos nomes e números dos pilotos nos carros e capacetes a partir do GP de Barcelona, daqui a duas semanas, em Barcelona.

O objetivo é ajudar os fãs da categoria a identificar melhor os pilotos. O nome do piloto – ou abreviatura de três letras – tem de ter no mínimo 15 centímetros de altura e os números 23 centímetros.

Em carta distribuídas às equipes, Charlie Whitting explicou onde e como é que os nomes e os números deverão ser colocados, usando o artigo 9.2 do regulamento desportivo da Formula 1, que afirma que “este número deve ser claramente visível na frente do carro e no capacete do piloto”.

Charlie Whiting

Whitting acrescenta que, “o nome ou o emblema da marca deve aparecer na frente do nariz do carro e, em ambos os casos, deve ter pelo menos 25 mm na sua maior dimensão. O nome do piloto deve aparecer na carroceria externa, e ser claramente legível. Nós sentimos que para ser claramente visível, os números não devem ter menos de 230mm de altura, ter uma espessura de curso mínimo de 40mm e ser de uma cor claramente contrastante ao seu fundo.”

No que se refere aos nomes dos pilotos, o requisito é que “o nome de cada piloto [ou código de três letras] seja claramente legível na carroceria externa (artigo 9.3). Sentimos que para ser claramente legíveis os nomes devem ter pelo menos 150 mm de altura, Espessura mínima do curso de 30mm e ser de uma cor claramente contrastante ao seu fundo.”

Whiting revelou ainda que a incapacidade de cumprir as novas regras poderá impedir que o carro não seja autorizado a participar. “Para cumprir plenamente os Regulamentos Desportivos da Formula 1, esperamos que todos os carros a serem apresentados em Barcelona tenham esta nova, muito mais clara, identificação. Um relatório será feito para os comissários [caso haja] qualquer carro que não está de acordo com os requisitos mínimos acima referidos”, concluiu.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário