Serviço: como obter a CNH comum e especial

Serviço: como obter a CNH comum e especial

Muitos pais colocam seus filhos menores de idade atrás de um volante – seja para o adolescente ir treinando na direção, seja por alguma questão de conveniência. Mas a legislação de trânsito não permite essa prática.

Para dirigir um veículo automotor, é necessário ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O candidato deverá ser maior de 18 anos e alfabetizado. Passará por uma série de exames e testes psicológicos e, só depois dessa etapa preliminar, dará início aos testes práticos: 20 aulas de volante, variando entre a prática no simulador e a condução real de um veículo na via pública, acompanhado de instrutor.

Na primeira vez em que for tirar a CNH, o futuro motorista poderá se enquadrar nas categorias A, B e AB, que lhe permitirão dirigir, respectivamente, motocicletas, carros de passeio ou ambos.

Após essas aulas teóricas e práticas, o candidato realizará uma prova final, prática também, na qual será acompanhado por um oficial de polícia. Nessa prova, serão avaliados o posicionamento adequado do banco, o uso de cinto de segurança, a regulagem dos espelhos retrovisores, o acionamento de seta ao entrar ou sair de uma via, ou ainda para fazer uma ultrapassagem. Uma das últimas etapas é estacionar o veículo entre dois pontos demarcados, a famosa baliza.

Foi aprovado em tudo? Então o candidato receberá uma licença para dirigir – materializada na forma da carteira de motorista, a CNH.

Candidatos com necessidades especiais

Pessoas com necessidades especiais devem tirar uma CNH especial, mas o procedimento para obtê-la é quase o mesmo da comum.

A principal diferença é que, na fase preliminar, o candidato deverá passar por consulta com um médico do Detran. Esse profissional é quem vai apontar se o indivíduo tem condições de conduzir um veículo e quais itens devem ser adaptados em seu carro ou motocicleta. Todas essas informações serão encaminhadas para a autoescola onde o futuro motorista fará suas aulas.

A CNH dos portadores de necessidades tem uma letra que representa a adaptação que o veículo precisa ter, ou a obrigatoriedade de uso de recursos adicionais – que vão desde óculos até acelerador e freio manuais.

Confira a seguir o que significa cada letra constante nas carteiras de habilitação especiais.

AObrigatório o uso de lentes corretivas
BObrigatório o uso de prótese auditiva
CObrigatório o uso de acelerador à esquerda
DObrigatório o uso de veículo com transmissão automática
EObrigatório o uso de empunhadura/manopla/pomo no volante
FObrigatório o uso de veículo com direção hidráulica
GObrigatório o uso de veículo com embreagem manual ou com automação de embreagem ou com transmissão automática
HObrigatório o uso de acelerador e freio manual
IObrigatório o uso de adaptação dos comandos de painel ao volante
JObrigatório o uso de adaptação dos comandos de painel para os membros inferiores e/ou outras partes do corpo
KObrigatório o uso de veículo com prolongamento da alavanca de câmbio e/ou almofadas (fixas) de compensação de altura e/ou profundidade
LObrigatório o uso de veículo com prolongadores dos pedais e elevação do assoalho e/ou almofadas fixas de compensação de altura e/ou profundidade
MObrigatório o uso de motocicleta com pedal de câmbio adaptado
NObrigatório o uso de motocicleta com pedal do freio traseiro adaptado
OObrigatório o uso de motocicleta com manopla do freio dianteiro adaptada
PObrigatório o uso de motocicleta com manopla de embreagem adaptada
QObrigatório o uso de motocicleta com carro lateral ou triciclo
RObrigatório o uso de motoneta com carro lateral ou triciclo
SObrigatório o uso de motocicleta com automação de troca de marchas
TVedado dirigir em rodovias e vias de trânsito rápido
UVedado dirigir após o pôr do sol
VObrigatório o uso de capacete de segurança com viseira protetora sem limitação de campo visual
WAposentado por invalidez
XOutras restrições
YSurdo (restrição impressa como X na CNH)
ZVisão monocular (restrição impressa como X na CNH)
Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares