FCA dá adeus a produção do mítico super esportivo Dodge Viper

FCA dá adeus a produção do mítico super esportivo Dodge Viper

Chegou ao fim a fabricação de um dos carros esportivos dos sonhos de muita gente. A FCA – Fiat Chrysler Automobiles – decidiu descontinuar a produção do mítico Dodge Viper. O que já era esperado. A consumação de fato tão triste deve-se seu deu com a saída da linha de produção da última unidade da linha de produção em Detroit, EUA.

A revelação foi feita por Ralph Gilles, o chefe de design do Grupo Fiat Chrysler – um dos grandes responsáveis pelo ressurgimento da quinta geração do Viper em 2012 (quando era diretor da SRT, que tinha adquirido a marca), depois da sua primeira descontinuação dois anos antes.

O último Dodge Viper saindo da linha de produção em Detroit

Sem a resposta condizente por parte dos consumidores, a quebra da produção ou a redução do preço apenas adiaram o adeus. As novas exigências de segurança obrigando, por exemplo, aos airbags laterais foram aos últimos suspiros do Dodge Viper… O próprio Ralph Gilles fez as despedidas na fábrica de Detroit com um “até breve” em suas redes sociais.

Ralph Gilles, o homem que tentou salvou o Dodge Viper

O Dodge Viper despede-se 25 anos depois do primeiro carro que, em 1992, chegou para tomar o lugar do Shelby Cobra. Atingiu a marca de 30 mil unidades. O último Viper, que fechou a linha de montagem da fábrica de Detroit logo atrás daquele amarelo com listas pretas, é o vermelho que ainda baterá no seu coração o potente motor V10 de 8.4 litros e 650 cv de potência. Uma pena!

 

Sem Comentários

Insira um Comentário