Fórmula 1: a volta da Alfa Romeo a categoria depois de 40 anos

Fórmula 1: a volta da Alfa Romeo a categoria depois de 40 anos

Novidades não faltarão na temporada 2018 da Fórmula 1! A primeira delas começou pelo novo logo da categoria! Mas a grande novidade relacionada com o próximo ano foi divulgada esta quarta-feira com o regresso da Alfa Romeo à modalidade desde 1985.

A construtora italiana volta graças a uma parceria com a Sauber e a Ferrari. Os motores da equipe suíça no próximo ano serão Ferrari, mas batizados de Alfa Romeo. A equipe fica assim batizada de Alfa Romeo Sauber F1 Team. E os desenhos do novo carro já começam a surgir.

Segundo a Sauber, este novo capítulo surge com base na “cooperação estratégica, comercial e tecnológica” e “intercâmbio de engenharia e know-how técnico”.

“Este acordo com a Sauber é um passo significativo na remodelação da marca Alfa Romeo, que regressa à Fórmula 1 após uma ausência de mais de 30 anos. Trata-se de uma marca de sucesso que ajudou a fazer a história deste desporto. Beneficiará da partilha de tecnologia e know-how estratégico com uma parceira de experiência incontestável: a Sauber F1 Team”, afirmou o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne.

O presidente da Sauber, Pascal Picci, congratulou também esta nova parceria e deixou elogios à marca italiana. “A Alfa Romeo tem uma longa história de sucesso nas corridas, e sentimos muito orgulho por termos sido escolhidos por uma uma empresa de renome internacional. Trabalhar em estreita colaboração com um fabricante de automóveis é uma ótima oportunidade para o Grupo Sauber desenvolver ainda mais os projetos de tecnologia e engenharia. Estamos confiantes de que juntos podemos trazer grande sucesso para a Alfa Romeo Sauber F1 Team e esperamos uma parceria longa e de sucesso”, afirmou Picci relembrando os objetivos da Sauber.

Pascal Picci

A Sauber ainda tem a equipe que ainda não definiu a sua dupla de pilotos para a temporada de 2018. O campeão de Fórmula 2, Charles Leclerc, é o favorito a assumir o lugar de um dos carros na próxima temporada. Falta saber se o jovem fará dupla com Marcus Ericsson ou Antonio Giovinazzi, piloto da Ferrari.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário