Fórmula 1: RBR acredita que motor Honda está no mesmo nível do Renault

Fórmula 1: RBR acredita que motor Honda está no mesmo nível do Renault

Equipe austríaca pode mudar de fornecedor de motores em 2019

Um certo ar de suspense paira na Fórmula 1. Isso porquê a equipe satélite da RBR, a Toro Rosso, passou por um início encorajador de relacionamento com a Honda, o seu novo fornecedor de motores, tendo testes de pré-temporada livre de problemas em Barcelona.

E, enquanto a Honda ainda está atrás em termos de potência com sua atual especificação, fontes sugeriram que a diferença para a Renault pode estar na casa de 15 cv no início da temporada.

Com mais desenvolvimento por vir durante 2018, a porta está aberta para que a Honda se aproxime ainda mais. O conselheiro da Red Bull, Helmut Marko, indica que haverá poucas diferenças entre as duas no fim da campanha. “O pacote da Honda é tecnicamente interessante”, disse Marko ao site Motorsport.com. “O motor é muito leve e, agora, a confiabilidade existe. Eles falam em melhoras contínuas de performance .O motor deve estar no nível da Renault ao fim do ano.”

O atual contrato da Red Bull com a Renault vai até o fim da atual temporada, e isso significa que a equipe de Milton Keynes terá de escolher seu motor para 2019. O chefe da Red Bull, Christian Horner, afirmou que a decisão final não será tomada a partir de emoção, mas sim de performance pura. “Acho que eles tiveram uma boa base durante o inverno europeu. Estamos sentados na primeira fila para ver como o produto está se desenvolvendo com a Toro Rosso, e tudo será decidido na performance. Queremos o motor com melhor performance na traseira do nosso carro.”

 

Sem Comentários

Insira um Comentário