Fórmula 1: quais as diferenças dos novos retrovisores da Ferrari

Fórmula 1: quais as diferenças dos novos retrovisores da Ferrari

O que realmente há de novo nos retrovisores no halo para o GP de Mônaco

A novidade da temporada é a incorporação do retrovisor no halo que a Ferrari foi a primeira a utilizar nesta atual temporada. A escuderia italiana fez ajustes no design de seus retrovisores instalados no halo depois da FIA ter deixado claro que o suporte que a marca italiana utilizou no GP de Espanha era ilegal.

A equipe de Maranello foi a primeira a montar os novos retrovisores, mas ao subir os espelhos para o halo colocou também umas aletas – asa de suporte – no dispositivo que nesta época aumentou a proteção da cabeça do piloto.

Entre suposições de recursos aerodinâmicos não regulamentares e meros suportes para a nova (e autorizada) colocação dos retrovisores o “buraco” normativo inexistente foi acompanhado de controvérsia a que a FIA colocou de imediato termo proibindo as aletas já no Mónaco.

Hoje, a Ferrari apareceu em Mônaco já sem as aletas de suporte aos retrovisores dos seus monolugares e as diferenças com a versão apresentada em Espanha são muito poucas.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário