Gastronomia: vinhos de países participantes da Copa do Mundo

Gastronomia: vinhos de países participantes da Copa do Mundo

Sommelière indica alguns vinhos para acompanhar a Copa da Rússia

Uma boa dica é acompanhar os jogos da Copa degustando um belo copo de vinho. Estamos há menos de um mês para o início da Copa do Mundo 2018, época tradicional em que os brasileiros reúnem os amigos e torcem para seleção Canarinho. Para animar a torcida, não podem faltar deliciosos pratos e boas garrafas de vinhos.

Pensando nisso, Lerizandra Salvador, sommelière do Vicolo Nostro, renomado restaurante com culinária do norte da Itália, lista os melhores vinhos de alguns dos países que irão participar da Copa do Mundo e explica como harmonizá-los perfeitamente com entrada, prato principal e sobremesa.

Como entrada, se a ideia é degustar uma salada, o ideal é o frescor do vinho brasileiro Luís Argenta Sauvignon Blanc, de Flores da Cunha, Rio Grande do Sul. “É uma bebida leve com aromas frutais de maracujá e toque verdes como aspargo e grama cortada”, comenta.

VinhoLuís Argenta Sauvignon Blanc

Se a bebida escolhida é para acompanhar uma massa, como Fettuccine ao Tartufo Bianco, o vinho alemão Franz Künstler Estate Riesling, 2010, Rheingau ganha o jogo. “Os aromas do prato e do vinho são semelhantes. Então, a acidez do vinho contrasta com o molho de queijo e doce do vinho acompanha o doce da abobrinha”, explica.

Já para uma sobremesa de chocolate, como brownie de cappuccino, a sugestão é procurar harmonia com o vinho do Porto Ceremony Tawny, 10 anos. “É um vinho que equilibra perfeitamente com chocolate”, finaliza.

Vinho do Porto Ceremony Tawny

O Vicolo Nostro conta com uma carta de vinhos com mais de 400 rótulos, que é assinada por Lizandra Salvador, especialista pela WSET (Wine & Spirit Education Trust), de Londres, e finalista no Concurso Brasileiro de Sommeliers, realizado pela ABS.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares