Certificação: organizações precisam migrar para ISO 45001

Certificação: organizações precisam migrar para ISO 45001

Empresas certificadas deverão migrar para a nova norma até 12 de março de 2021

Atenção a notícia! O IQA alerta as organizações para a publicação da ISO 45001:2018 – Sistemas de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho: Requisitos com Orientações para Uso, que substituirá a OHSAS 18001. Empresas certificadas deverão migrar para a nova norma até 12 de março de 2021, quando os certificados atuais perderão a validade.

Para reduzir a carga de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho no mundo, a ISO desenvolveu a primeira norma de padrão internacional para a gestão de segurança e saúde no trabalho. Uma vantagem da ISO 45001 é a facilidade de sua integração nas organizações, uma vez que apresenta estrutura comum aos demais sistemas de gestão, como a ISO 9001 e a ISO 14001.

“Além de implementar a gestão de segurança e saúde no trabalho, com o foco de reduzir a gravidade e a frequência dos incidentes, a organização pode assegurar que os seus fornecedores também façam o controle de perigos e riscos dos processos de fabricação, de modo a expor os seus colaboradores a um ambiente de trabalho seguro e saudável”, avalia Sérgio Kina, gerente técnico do IQA.

Antes de iniciarem o processo de certificação inicial ou transição, as organizações precisam realizar um diagnóstico baseado nos requisitos normativos e nas legislações aplicáveis, conforme recomendação feita por Kina. “Isso permite reduzir custo e tempo de implementação, além de melhorar a interface com outros sistemas já certificados”, explica.

Sem Comentários

Insira um Comentário