Massa estreia na Fórmula E na equipe Venturi

Massa estreia na Fórmula E na equipe Venturi

 

ZF é a responsável pelo desenvolvimento do powertrain composto por motor elétrico, transmissão e inversor

 

Mais uma, digamos, estreia nas pistas neste final de semana! Felipe Massa é o mais novo integrante da equipe Venturi de Fórmula E, que tem a ZF como a principal parceira tecnológica. O piloto brasileiro levará sua experiência de 29 anos no automobilismo para as corridas de Fórmula E, categoria organizada pela FIA – Federação Internacional de Automobilismo, com carros movidos exclusivamente a energia elétrica e cuja primeira temporada teve início em 2014.

A chegada de Felipe Massa à Venturi impulsiona a equipe e traz ainda mais visibilidade à Fórmula E, além de comprovar que a categoria torna-se cada vez mais popular, com aderência de pilotos consagrados do automobilismo internacional e o ingresso de grandes marcas de fabricantes de veículos, que também anunciaram entradas de trabalhos na Fórmula E para os próximos anos.

Além do piloto Felipe Massa, a equipe Venturi conta também com o piloto Edoardo Mortara, da Suíça, que em 2017 alcançou o pódio durante a primeira temporada, realizada em Hong Kong.

A parceria da ZF com a Equipe Venturi apresenta uma evolução na cooperação tecnológica. A primeira participação foi em 2016, durante a terceira temporada da Fórmula E, com o fornecimento de amortecedores ZF Race Engineering. Na quarta temporada, a Venturi usou pela primeira vez uma transmissão ZF, desenvolvida em Friedrichshafen e fabricada na unidade industrial da ZF em Saarbrücken, Alemanha, em prototipagem. Enquanto isso, a Venturi cuidou da construção em 3D, da criação dos desenhos, além de dicas úteis para a construção da nova transmissão exclusiva para motorsport. Para a quinta temporada o Powertrain será completo da ZF, composto por um motor elétrico, transmissão e inversor.

Com a parceria, a ZF demonstra que é especialista em produtos complexos e soluções de mobilidade elétrica. A transmissão terá uma mudança do conceito de duas marchas, utilizada na quarta temporada, para o conceito de apenas uma marcha para a próxima temporada, construída com menor peso e melhor eficiência. O powertrain contará com maior densidade de potência e maior torque, que conferem maior eficiência ao conjunto. Será o primeiro acionamento por eixo elétrico ZF projetado especialmente para esportes a motor.

O Inversor será equipado com a primeira unidade eletrônica de potência ZF com módulos de alto desempenho e carcaça de carbono. Em decorrência do regulamento, o conjuto do powertrain é limitado a uma potência de 250 quilowatts.

Este é o maior projeto e investimento em automobilismo global já feito pela ZF e as expectativas para a quinta temporada da Fórmula E a partir do novo powertrain da marca e da nova contratação de Felipe Massa são as mais positivas. “Eu vou correr pela equipe Venturi e nós vamos utilizar o motor, transmissão e inversor, todo o powertrain – tirando a bateria – será da ZF. Sem dúvida é um momento especial, é um carro completamente diferente e uma nova experiência para mim” declara Felipe Massa.

“A mentalidade da eletrificação também está presente nos carros de passeio e que também tem muito a ver com a ZF, muito a ver com o mundo que a gente vive e que vem evoluindo muito, e é um prazer fazer parte desta evolução”, completa Massa.

A temporada 2018/2019 começa amanhã (15 de dezembro) com a corrida na Arábia Saudita.

 

 

 

 

Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares