A programação do 18H30 @ Mirante 9 de Julho

A programação do 18H30 @ Mirante 9 de Julho

Espaço turístico receberá quatro artistas entre às terças e sextas-feiras de janeiro

O Mirante 9 de Julho, localizado atrás do MASP na avenida Paulista, apresenta as quatro bandas selecionadas para a primeira edição do projeto 18H30 de 2019, em janeiro. Com curadoria da Storymakers, a programação ao longo do mês agita o happy hour dos paulistanos, e acontece entre as terças e sextas-feiras, a partir das 18h30.

O espaço, um dos mais icônicos da capital paulista, se torna uma plataforma de lançamento de músicos e artistas com projetos autorais durante os dias da semana, convidando o público a ocupar a cidade e a conhecer novas sonoridades.

Veja abaixo o perfil das bandas selecionadas para esta edição:

Terças-feiras (8, 15, 22 e 29) – Meu Preto da Capadócia (Brasilidades)

Com Jorge Ben Jor como inspiração, Meu Prato Capadócia é uma banda de samba-rock composta por quatro amigos músicos que se apresentam em diversas bandas do cenário paulistano como As Bahias e a Cozinha Mineira, Chaiss, Electric Hendrix Tribute, ManaTiana, entre outras. Os integrantes Eder Martins (violão e voz), Danilo Moura (bateria), Lua Bernardo (flauta transversal e backing vocals) e Rob Ashtoffen (baixo elétrico) se uniram por compartilharem do mesmo gosto pela música tocada por Ben Jor e fazem releituras de um dos maiores álbuns da carreira do cantor: A Tábua de Esmeralda.

Quartas-feiras (9, 16, 23 e 30) – Élio Camalle (Brasilidades Pensantes e Dançantes)

Artista franco-brasileiro, Elio Camalle é cantor, compositor engajado e suas músicas são inspiradas nos movimentos contestatórios e ilustram a situação atual do país. Sua voz é aliada intimamente ao ritmo e síncopes de seu violão. Samba, poesia concreta e saudade são os componentes marcantes da arte de Elio.

Surgiu na cena musical de São Paulo no ano de 2000 com dois álbuns lançados pelo selo DABLIU DISCOS através do produtor José Carlos Costa Netto e seus shows no Mirante 9 de Julho contarão com importantes músicos da cena brasileira de bandas como Samuca e a Selva e As Bahias e a Cozinha Mineira.

Quintas-feiras (10, 17, 24 e 31) – Bia Doxum (Brasilidades)

Cantora, compositora, apresentadora, militante e ativista cultural, Bia Doxum é conhecida nas periferias da capital como Bê O e se destaca no segmento do rap nacional com composições que mesclam a voz cantada e falada enfatizando as lutas feministas, racial e juvenil. Seu primeiro álbum foi lançado em 2013, quando a mezzo-soprano tinha apenas 15 anos de idade. Em parceria com o produtor Jacko Beats, o álbum foi gravado em Curitiba e contém 5 faixas que, sob a mistura de rap e reggae, retrata a realidade das comunidades paulistas. Em 2015, Bia lançou seu segundo álbum, o disco intitulado Máquina Que Gira, que contém 13 faixas e, desde então, vem atuando pelas ruas de São Paulo. Recentemente, Bia Doxum fez uma participação na cypher Rima Dela, junto de outras mulheres incríveis, onde rima sobre poder feminino, sobre-tudo, negro. Também esteve com Dcazz, cantor e compositor, no projeto Jardim das Canções, com a música Raízes.

Sextas-feiras (4, 11 e 18) –Samba de Litro (Samba)

Criado em 2017 na Zona Norte de São Paulo, o Samba de Litro é uma roda de samba formada por amigos que rodavam a cidade em busca sempre do verdadeiro samba de raiz e de roda, o samba tradicional.

Inspirados pelo que viram, resolveram criar seu próprio samba, acrescentando um toque da musicalidade que já possuíam e mais uma opção de qualidade na cidade.

Passando por Cartola, Candeia, Ze Kéti, Geraldo Filme, Adoniran Barbosa, pela musicalidade de Paulinho da Viola e João Nogueira, influenciados por Martinho da Vila, Dona Ivone Lara, Beth Carvalho, Fundo de Quintal, Luiz Carlos da Vila, até chegar ao conhecido pagode partindo de Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e a juventude do popular “pagode 90”.

“Foi um rio que passou em minha vida” e “Tradição (Vai no Bexiga pra ver)” estão entre as musicas do repertório da banda que é formada por Rodrigo (Rebolo), Filippe (Surdo), Formiga (Voz e Pandeiro 1), Daian (Voz e Pandeiro 2), Paulinho (Voz e Violão) e Bordin (Voz e Cavaquinho).

Serviço:

18H30 @ Mirante 9 de Julho
Quando: até 31 de janeiro – Entrada Gratuita
Local: Rua Carlos Comenale, sem número, Bela Vista- São Paulo

Horário de funcionamento: de terça-feira a sexta-feira, a partir das 18h30
Mais informações em http://mirante.art.br/

 

 

 

Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares