Moto Honda da Amazônia atinge a marca histórica de 24 milhões de motocicletas produzidas em Manaus

Moto Honda da Amazônia atinge a marca histórica de 24 milhões de motocicletas produzidas em Manaus

A motocicleta de número 24.000.000 a sair da linha de produção da empresa é uma Pop 110i

A Moto Honda da Amazônia comemorou ontem, quarta-feira dia 16 de janeiro. Um marco histórico: a produção de 24 milhões de motocicletas em solo nacional.

Presente no Brasil desde 1971 com a comercialização de motocicletas e desde 1976 com a produção em Manaus-AM, a empresa atingiu o volume histórico com um modelo Pop 110i 2019, que saiu da linha de produção às 12:30 (horário local).

“A Pop 110i, que é referência em economia de combustível, durabilidade e confiabilidade, protagonizou o marco em nossa linha de produção, representando os milhares de consumidores Honda de todo País. Estamos extremamente felizes por vivenciar mais este momento histórico na trajetória da empresa e agradecemos aos 24 milhões de clientes que confiaram em nossa marca ao adquirir os nossos produtos”, comenta Júlio Koga, vice-presidente industrial da Moto Honda da Amazônia.

A instalação em Manaus é a maior e mais verticalizada planta de motocicletas da marca no mundo. O primeiro modelo produzido na unidade, em 1976, foi uma CG 125. Hoje são produzidas 3.700 motocicletas por dia na unidade e 34 modelos, com 77 variações de versões e cores, além de quadriciclos e motores estacionários.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário