Ferrari não entende o que deu errado no GP da Austrália

Ferrari não entende o que deu errado no GP da Austrália

Os bons resultados nos treinos da pré-temporada não foram suficientes para um bom resultado na aberturo do Mundial de Fórmula 1

O início da Ferrai no Mundial de Fórmula 1 com os dois carros fora do pódio do GP da Austrália surpreendeu, mas os alertas não deixaram em pânico os italianos. O diretor da Scuderia, Mattia Binotto, reconhece que existem ainda muitos detalhes por entender no SF90, mas, dessa forma, aponta que o potencial do carro dará muitos bons frutos.

Binotto explicou ao site da Fórmula 1 que as condições no circuito de rua de Melbourne “são seguramente diferentes das de Barcelona”, onde a Ferrari dominou nos testes, pois, nas ruas de Albert Park sente-se mais os ressaltos da pista, o vento ou a temperatura.

“Há certamente fatores externos que podem ter influenciado o desempenho do carro. Nós não encontramos a janela de temperatura certa ou o equilíbrio certo para o carro. Ainda não está totalmente entendido. É algo que precisamos de experimentar e entender. Uma coisa de que temos certeza hoje e neste fim de semana é que este não é o potencial real do nosso carro”, assumiu Binotto: “Temos a certeza de que o potencial é garantidamente maior e que não conseguimos ainda explorá-lo ao longo do fim de semana.”

 

Sem Comentários

Insira um Comentário