Banco RCI Brasil lança CDB no mercado brasileiro

Banco RCI Brasil lança CDB no mercado brasileiro

Banco de montadora é o primeiro a lançar uma plataforma on-line para essa modalidade de investimento para pessoas físicas

 

Uma boa opção de investimento. Chega ao Brasil o CDB do Banco RCI Brasil, o novo produto de investimento do braço financeiro das montadoras Renault e Nissan. Sucesso em países como Inglaterra, França, Áustria e Alemanha, os produtos de depósito do RCI Bank & Services já contam com mais de 380 mil clientes no mundo.

Com o lançamento, o Banco RCI Brasil se torna o primeiro banco de montadora a lançar uma plataforma on-line de CDB para pessoas físicas no mercado brasileiro. Além disso, é também a primeira filial da RCI Bank & Services fora da Europa a disponibilizar este formato de investimento. A novidade visa continuar a trajetória de inovação do banco no país.

 

“Com o sucesso dos nossos produtos de investimento em outros países, quisemos também oferecer mais uma boa opção ao investidor brasileiro, ofertando taxas competitivas na modalidade liquidez diária, por meio de plataformas on-line”, afirma Frédéric Schneider, diretor geral do Banco RCI Brasil.

Entre as vantagens do CDB do Banco RCI Brasil estão a isenção de tarifas, a segurança, a liquidez diária, o valor mínimo de aplicação de R$ 1.000 e a simplicidade na operação, totalmente on-line pelo aplicativo CDB Banco RCI e em breve também pelo Internet Banking. Além da segurança do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o Banco RCI Brasil também possui rating “Aaa.br”, segundo a Moody´s, uma das mais importantes agências de classificação de risco do mundo, o que proporciona maior segurança ao investidor.

O mercado de renda fixa é um sucesso no Brasil: praticamente 25% de toda captação bancária é realizada por esta modalidade, sendo quase a metade em CDB.  O CDB indexado ao DI é o mais popular, representando 95% do total.

Os CDB emitidos contribuirão com o financiamento dos veículos das marcas Renault e Nissan tendo por objetivo acompanhar seu crescimento no mercado brasileiro.

Sem Comentários

Insira um Comentário