Justiça alemã multa Porsche em 535 milhões euros

Justiça alemã multa Porsche em 535 milhões euros

Empresa recebe penas por problemas em seus carros no Caso Dieselgate

A Porsche foi condenada pela Procuradoria Geral de Stuttgart ao pagamento de 535 milhões de euros por irregularidades com alguns veículos da marca. A multa pune a quebra de normas regulamentares por veículos Porsche colocando um ponto final nas ações administrativas judiciais contra a fabricante alemã.

A Porsche comunicou a emissão pelas autoridades judiciais da cidade natal uma “nota de multa” relacionada com “desvios dos requisitos regulamentares para certos veículos” da marca.

A notificação especifica uma “multa total de 535 milhões de euros, consistindo numa penalização no valor de 4 milhões de euros por quebra negligente de dever pela Porsche AG e uma taxa sobre benefícios econômicos no valor de 531 milhões de euros” sendo que esta taxa “depende largamente da lucratividade da companhia”

O comunicado da fabricante automóvel explica que as quebras negligentes de deveres de supervisão “ocorreram num departamento da divisão para desenvolvimento vários níveis abaixo da administração executiva” respeitando à conformidade regulamentar nos testes relacionados com os gases de escape.

A Procuradoria de Stuttgart considerou que “as violações dos deveres de supervisão contribuíram para desvios parciais dos veículos Porsche dos requisitos regulamentares no período de 2009”.

A marca alemã de carros de luxo informa também que “não apresentou recurso contra a nota de multa por quebra negligente de dever” e que “o procedimento contra a Porsche AG está assim concluído”.

Com uma “provisão” já formada “ao nível do Grupo Vokswagen” para “o risco de potencial de pagamento de obrigações”, a Porsche AG acentua que “nunca desenvolveu e produziu motores diesel” frisando que “a conclusão dos procedimentos é outro passo importante em direção ao fim do tema diesel”.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário