Ferrari vai recorrer a FIA sobre GP do Canadá

Ferrari vai recorrer a FIA sobre GP do Canadá

Equipe italiana está revoltada com vitória polêmica de Lewis Hamilton

Foi por pouco que a Ferrari não venceu seu primeiro GP da temporada. No Canadá, depois de uma decisão polêmica do diretor de prova com penalização de cinco segundos imposta a Sebastian Vettel afastou o alemão da Ferrari da vitória na corrida.

Dessa maneira Lewis Hamilton herdou o primeiro lugar e venceu a prova. Porém, a equipe de Maranello já avisou que não concorda com a penalização do seu piloto.

A Ferrari anunciou que notificou Federação Internacional de Automobilismo (FIA) de que pretende recorrer da penalização da decisão polêmica da direção de corrida.

Como você sabe,  Vettel foi penalizado em cinco segundos depois dos comissários terem considerado que depois de uma saída na chicane entre a curva 3 e 4, regressou à pista de maneira insegura e forçou Lewis Hamilton a tirar o pé para não colidir na traseira do carro do alemão.

A Ferrari argumenta que Vettel não regressou à pista de forma insegura nem obrigou Hamilton a sair de pista. Desta forma a equipe de Maranello tem agora de decidir se vai dar continuidade ao recurso, que pode ser rejeitado pela FIA. Nos regulamentos desportivos da F1, as penalidades impostas aos pilotos durante as corridas não são passiveis de recurso, resta esperar para ver que decisão vai tomar a Ferrari.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares