Grupo Madrigal EnCanto nos 100 anos da Cripta da Sé

Grupo Madrigal EnCanto nos 100 anos da Cripta da Sé

Projeto “Cem anos da Cripta da Catedral da Sé” apresenta , sábado dia 20 de julho, a Orquestra Madrigal EnCanto, sob regência de Walter Chamun

Um programa imperdível! Dando continuidade ao “Projeto Cem Anos da Cripta da Catedral da Sé”, lançando no último dia 06, na cripta da Catedral, a programação continua todos os sábados, gratuitamente.

No próximo sábado, dia 20 de julho, às 16h, na Cripta da Catedral, o “Coral Madrigal EnCanto”,  sob a regência de Walter Chamun, apresenta seu repertório com obras de Anton Brukner, John Rutter, Marlos Nobre, Dorival Caymmi entre outros.

Em 2019 a Cripta da Catedral da Sé completa 100 anos. Produzida pelo Ministério da Cidadania e pelo Estúdio Centro, com o patrocínio da Sabesp e do Governo do Estado de São Paulo, a “Série Concertos 100 Anos da Cripta da Catedral da Sé” traz 30 apresentações reunindo grandes nomes e revelações da música instrumental e do canto coral brasileiros.

Os eventos serão todos gratuitos, com concertos na própria cripta e em outros locais de acesso restrito da catedral (como os salões do piano e do coro). “Será uma oportunidade inédita de paulistanos e turistas apreciarem esses locais ao som de repertórios que destacarão obras da música clássica e popular brasileira e internacional em formações tão diversas como piano solo, madrigais, canto gregoriano e até o diálogo do beatbox com estilos mais ligados ao clássico”, afirma Camilo Cassoli, Diretor Geral do Projeto.

A partir da história da Cripta, serão destacados repertórios que relacionarão diversos momentos históricos da cidade de São Paulo a partir da Praça da Sé e de sua Catedral. Ganharão destaque especial os povos que compõem a cidade, com a presença de grupos de suas diversas origens. “É muito significativo que a Catedral receba e apoie eventos como esse, que valoriza sua história, a história da cidade e de seus cidadãos, aproximando todos à nossa igreja e ao Centro de São Paulo”, afirma Luiz Eduardo Baronto, cura da Catedral da Sé.

Os concertos são aos sábados, às 16 horas, e serão todos gratuitos (com entre 80 e 120 lugares cada, a depender do local onde serão realizados).  Todos terão em média uma hora de duração, com transmissão ao vivo pela internet. A programação irá de Julho de 2019 a Março de 2020. A programação da série, conteúdos exclusivos e a íntegra dos concertos já realizados poderão ser acessadas nas redes do projeto: instagram/concertoscriptafacebook/concertoscripta  e no site www.concertoscripta.com.br

Sem Comentários

Insira um Comentário