Ricciardo está sendo processo por ex-empresário

Ricciardo está sendo processo por ex-empresário

Piloto australiano estaria com dívida de 11 milhões de libras referentes a comissões 

Não é só no mundo do futebol que empresários e seus clientes brigam por valores absurdos referentes a comissões e contratos. No mundo da Fórmula 1 também tem disso. Este é o caso de Daniel Ricciardo que  trava uma batalha jurídica com o seu ex-agente, que pede 10 milhões de libras (R$ 52 milhões) por alegadas comissões em falta relativamente ao contrato com a Renault iniciado neste ano.

O piloto australiano nega que tenha de corresponder ao pedido do seu ex-agente e vai dar seguimento ao processo judicial iniciado. A notícia é do site Motorsport.com que mostra documentação do Alto Tribunal de Justiça do Reino Unido em que Glenn beavis, o anterior agente de Ricciardo, alega que lhe são devidas “várias somas” pelo contrato do piloto com a Renault.

O processo deu entrada na Justiça no início do mês alegando uma dívida de 20% sobre o salário base de Ricciardo na Renault e outros vários elementos contratuais como, por exemplo, o custo da superlicença do piloto australiano e outros itens.

Ricciardo explicou que “não há qualquer substância na alegação de Glenn Beavis” e que vai fazer a contestação em tribunal: “É lamentável que ele tenha decido levantar esta alegação totalmente infundada que eu tenciono contestar na íntegra no processo judicial.”

Sem Comentários

Insira um Comentário