Pilotos prestam homenagem na despedida de Hupert

Pilotos prestam homenagem na despedida de Hupert

Cerimônia fúnebre de Hubert  realizadoa nesta terça-feira, após trágico acidente em Spa-Francorchamps

Distante a 100 quilômetros de Paris, a catedral de Chartres,  foi a escolhida pela família para o último adeus do piloto francês Anthoine Hubert, que morreu há 10 dias em um trágico acidente na primeira corrida da Fórmula 2 em Spa-Francorchamps.

A igreja recebeu o corpo do piloto de Fórmula 2 depois do meio dia, horário local. No interior, uma decoração especial aguardava Hubert para uma última homenagem. Ao lado do caixão, havia duas fotos do piloto, uma delas recordando sua vitória no circuito de Paul Ricard neste ano. Além disso, os assentos foram ocupados por capacetes que ele usou ao longo de sua carreira desde o kart.

Do lado de fora da catedral, um telão exibia a imagem de Hubert com as cores do país e, em seguida, era possível acompanhar a cerimônia para aqueles que a acompanhavam do lado de fora da igreja. Entre os convidados,  estavam executivos da Fórmula 1, como Chase Carey e Sean Bratches, o presidente da FIA, Jean Todt. A Renault foi representada por Alain Prost.

Eles foram acompanhados por pilotos de Fórmula 1, como Charles Leclerc (Ferrari), Pierre Gasly (Toro Rosso), Esteban Ocon (Mercedes), Alexander Albon (Red Bull), entre outros, além dos membros de sua equipe Arden e sua companheira de equipe, Tatiana Calderón.

Sem Comentários

Insira um Comentário