Leclerc está preocupado com altitude do México

Leclerc está preocupado com altitude do México

Ferrari deve ter problemas no GP do México

“Nosso carro, na altitude, se comporta estranhamente”. Com esta frase, o piloto monegasco Charles Leclerc, ao que tudo indica, começa já a se desculpar por um mau resultado no GP do México neste fim de semana.

O problema, segundo o piloto, é o ar rarefeito do Circuito Hermanos Rodriguez, na Cidade do México. “O circuito do México é único. Ele está a mais de dois mil metros de altitude e todas as equipes vão para a pista com força máxima de downforce, mas, apesar disso, o carro se comporta de maneira estranha e o nível de aderência é sempre muito baixo ”.

“Nesta pista, eu tive a chance de fazer uma sessão de treinos livres em 2017 e na corrida do ano passado, então posso dizer que esta é uma das pistas que eu menos conheço. Dito isto, pelas características que distinguem esse circuito eu gosto, também por causa das paredes que estão sempre muito próximas e para mim como piloto como muitas “, explicou Leclerc.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário