Renault é punida e fica sem os pontos do GP do Japão

Renault é punida e fica sem os pontos do GP do Japão

  
Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg ficaram sem os pontos da corrida em Suzuka

Uma notícia bem desagradável para a Renault.:  dois carros da equipe francesa foram desclassificados do GP do Japão de Fórmula 1 perdendo os os 9 pontos conquistados com o sexto lugar de Daniel Ricciardo e o décimo de Nico Hulkenberg.

Esta decisão surgiu após o protesto da Racing Point  alegando que os Renault usaram um sistema de freio automatizada com pré-definição.

Após investigação dos comissários da FIA foi considerado que a Renault não violou os Regulamentos Técnicos explorando certas “ambiguidades” com o uso de “soluções inovadoras”, mas foi considerado também que violou os Regulamentos Desportivos no que respeita às ajudas aos pilotos.

Os pilotos não podem ter qualquer ajuda à condução e os comissários consideraram que este sistema os libertou de terem de fazer vários ajustes durante as voltas da corrida em Suzuka mesmo sem o sistema a funcionar com um substituto da sua condução.

A desclassificação do GP do Japão do sexto classificado Ricciardo e do nono Hulkenberg significa que Charles Leclerc (Ferrari) subiu para o sexto lugar da classificação final, Pierre Gasly (Toro Rosso) subiu ao sétimo, Sergio Pérez (Racing Point) ao oitavo, Lance Stroll (Racing Point) ao nono e Danill Kvyat (Toro Rosso) ao décimo.

Isto significa para o Mundial de Construtores que a Renault fica agora a defender o quinto lugar com apenas seis pontos de vantagem sobre a Toro Rosso e dez sobre a Racing Point.

A equipe francesa – que já tinha contestado o protesto da Racing Point – tem ainda possibilidade de recorrer desta desclassificação.

Sem Comentários

Insira um Comentário