Últimos dias para conferir o espetáculo “Rapte-Me Agora”

Últimos dias para conferir o espetáculo “Rapte-Me Agora”

Com direção de Cynthia Falabella, espetáculo tem seu último fim de semana de exibição no Sesc Santo Amaro

Público tem só mais um fim de semana para conferir as desventuras de um jovem casal que se encontra em um ponto de ônibus, na trama do espetáculo Rapte-Me Agora – Deve Haver Vida Inteligente Em Outra Parada De Ônibus, em cartaz no Espaço das Artes Sesc Santo Amaro. As sessões acontecem sexta-feira às 21h, sábado às 20h e domingos, às 18h, até 16 de fevereiro. O texto de Ed Anderson tem direção é de Cynthia Falabella com José Sampaio e Michelle Boesche no elenco

Na montagem, UMA vai ao encontro de OUTRO, e isso seria um fato corriqueiro se este OUTRO não se recordasse mais de UMA. A trama traz o (des)encontro de dois desajustados, e a sua relação com o meio em que vivem – amores, família, amigos, – permeando entre “verdades padronizadas” e “mentiras originais”. A encenação acontece em um ambiente cotidiano, ao se passar em um ponto de ônibus.

O dramaturgo Ed Anderson conta sobre o universo da peça. “Existe uma lacuna em certos textos que retratam jovens protagonistas. O grande mote dessa escrita é a memória, num jogo sobre verdade e mentira. Os personagens mostram suas fragilidades e defesas, querem romper o caos urbano, são encontros e desencontros que não se sabe onde vão parar. Representam uma negação até das redes sociais, são seres que questionam essas relações”.

Uma das inspirações para a criação dramatúrgica foram os filmes dos Irmãos Dardenne, cineastas belgas que trabalham com um viés mais humanista e de transformações em suas obras, características que estão impregnadas no texto.

O ator José Sampaio ressaltou a atmosfera que envolve a montagem. “É uma relação ambígua e misteriosa, trazendo identificação e distância entre os dois em cena. São jovens adultos que não têm uma carga de maturidade, diferentemente das gerações anteriores. Eles são altamente ligados à infância e juventude. Meu personagem está em um ponto de ônibus e não sabe qual o destino final. Se encontra no meio em um limbo cheio de fragilidades diante desse mundo”.

O outro lado da história fica com o papel interpretado por Michelle Boesche. “Minha personagem vive com a bicicleta, possui uma visão crítica em relação a poluição e tecnologia, é extrovertida, criativa, poética, tem sempre opinião para tudo. Ela tenta uma conexão com o outro personagem. Valoriza a questão da presença física em tempos virtuais”.

“O espetáculo abre muitas interpretações, é um jogo sobre memória, relações perdidas, trabalha com a questão de nostalgia. São pessoas que vivem no mundo da fita K7, vinil e possuem uma nostalgia de outra época. Fala sobre uma juventude que todos temos ou já tivemos”, conclui Cynthia Falabella.

Serviço:

Rapte-Me Agora – Deve Haver Vida Inteligente Em Outra Parada De Ônibus

Horário: Sexta-feira às 21h. Sábado às 20h. Domingo às 18h. Até 16 de fevereiro.
Local: SESC Santo Amaro,  Rua Amador Bueno, 505, Santo Amaro, Espaço das Artes| 80 lugares.
Classificação: 12 anos.

Duração: 80 Minutos.
Ingressos: R$ 30,00 (inteira). R$ 15,00 (estudantes, +60 anos e aposentados, pessoas com deficiência e servidores da escola pública). R$ 9,00 (Credencial Plena válida: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).

Sem Comentários

Insira um Comentário