Serviço: dicas de como comprar um automóvel online

Serviço: dicas de como comprar um automóvel online

Venda de carros aumenta 20% na pandemia, diz levantamento da plataforma de compras e vendas OLX Brasil

A pandemia da Covid-19 tem feito a demanda por veículos automotivos aumentar. É o que aponta o levantamento da OLX Brasil, uma das maiores plataformas de compra e venda online de seminovos e usados do país, que mostrou que as vendas de carros cresceram 20% na comparação da média de junho a agosto em relação à média de janeiro e fevereiro (período pré-pandemia).

A finalidade da compra é variada. Uma pesquisa da plataforma em julho mostrou que 16% dos usuários que estavam interessados em um novo veículo tinham como objetivo trabalhar com serviços de entrega, delivery, aplicativos de transporte, entre outros.

“Com as questões de distanciamento social que vivemos hoje, muitos brasileiros consideram o carro uma alternativa de locomoção segura, à medida que reduz a exposição em transportes públicos. E há também quem busque um veículo para trabalhar durante a pandemia, como motoristas de aplicativos, por exemplo”, diz Flávio Passos, Diretor de Autos da OLX Brasil.

Confira dicas do executivo para quem quer comprar pela primeira vez um carro de forma online:

1) Identifique a sua necessidade – O primeiro passo é considerar a finalidade do veículo. O carro é para uso pessoal ou para trabalho? Depois, defina o orçamento base para a compra. Considere também a frequência de uso que o veículo terá, os locais onde tende a circular, se em ambiente urbano ou estrada, e quantos passageiros levará com frequência. A partir disso, escolher o modelo ideal fica mais fácil.

2) Pesquise – Com as necessidades traçadas e o modelo definido, é hora de procurar o carro, mas os bons negócios dependem de pesquisa. As plataformas online oferecem muitas opções e é importante se certificar de informações sobre o carro para a tomada de decisão. Qual é o valor na tabela FIPE do veículo? Quantos quilômetros tem rodado? Como estão os itens de segurança? Solicite dados como placa, número do chassi e número do RENAVAM para saber a situação junto aos órgãos de fiscalização. Descubra a periodicidade das revisões e se há dívidas, financiamentos ou multas. Peça também a vistoria cautelar do automóvel. Todas as informações devem ser consideradas e avaliadas antes de fechar negócio.

3) Adote medidas de segurança – Analise as propostas e desconfie de valores muito abaixo do mercado ou com excessos de facilidade. Fique alerta caso o vendedor esteja apressado demais para fechar negócio, se negue a passar informações sobre o veículo ou se coloque como intermediário da compra. Nesses casos, denuncie sempre que desconfiar e não faça pagamentos antecipados [entradas] sem antes ver o veículo de perto e saber que está em bom estado, com todos os acessórios anunciados e com toda a documentação em dia. Cuidado também com contratos de consórcios e compra a prestações. Pesquise antes a documentação e o histórico da empresa envolvida.

4) Consulte uma segunda opinião – É importante buscar uma segunda opinião, sempre que necessário, com pessoas de sua confiança. Converse com alguém que entenda de carros e analisem juntos as condições do veículo e da venda antes de bater o martelo. Faça uma revisão no veículo com um mecânico de sua confiança antes de efetuar o pagamento.

5) Pagamento – Vá ao cartório junto com o vendedor e só realize o pagamento quando tiver certeza que o documento será transferido para seu nome.

“Independente da finalidade da compra de um automóvel nesta pandemia – gerar renda extra ou se proteger do convívio social – os cuidados são os mesmos na hora da compra. Redobre a atenção às dicas acima e bons negócios!”, completa Flávio.

Sem Comentários

Insira um Comentário