JCB celebra 75 anos com versão especial da 3CX no Brasil

JCB celebra 75 anos com versão especial da 3CX no Brasil

Fabricante de tratores comemora mais um ano de vida e lança versão especial

Considerada a terceira maior fabricante global de equipamentos para construção, a JCB celebra neste mês 75 anos de sua fundação atuando a pleno vapor no Brasil. Em meio a um ciclo de investimento de R$ 100 milhões em sua fábrica localizada em Sorocaba, que culminou com o lançamento de três novas pás carregadeiras (modelos 426ZX, 427ZX e 437ZX), além da Escavadeira Hidráulica Florestal JCB JS220F, a empresa decidiu comemorar a data apresentando uma versão especial da máquina que é seu carro-chefe e sonho de consumo em todo o mundo, a retroescavadeira 3CX.

Somente no Brasil, a 3CX ganha uma nova cor, em vermelho e azul, em homenagem à primeira retroescavadeira do mundo, a MK I, desenvolvida por Joseph Bamford, fundador da JCB, em 1953.

“Esta é uma maneira que escolhemos para celebrar toda a história de inovação promovida pela JCB em todo o mundo”, revela José Luis Gonçalves, presidente da JCB no Brasil e América Latina. “Se você pensar que em 1953, ainda vivendo um clima de pós-Guerra, o design revolucionário de Joseph Bamford trouxe a energia hidráulica para a construção, isso moldou para sempre a história da indústria”.

O equipamento deu tão certo que até hoje a JCB é referência e líder de mercado em vendas de retroescavadeiras, máquinas extremamente versáteis, que podem ser aplicadas em grandes construções, no agronegócio, mineração, e em muitos outros segmentos. No Brasil, a JCB disponibiliza as versões 3CX e 4CX, além da compacta 1CX.

História

Com 22 fábricas, sendo 11 no Reino Unido e as demais na Índia, Estados Unidos, Brasil e China, a JCB está no país desde 1995, quando exportou a primeira máquina. Seis anos depois a empresa iniciou sua primeira operação de fabricação local, já em Sorocaba-SP, cidade que em 2012 ganharia uma das mais modernas unidades fabris da JCB em todo o mundo.

Com um investimento de US$ 100 milhões na época, a fábrica brasileira tem uma capacidade de produção de 10.000 máquinas por ano, e está localizada em uma área de 201.000 m², com uma área construída total de 37.000 m². Nesta unidade, a empresa produz para toda a América Latina a partir de quatro linhas de montagem diferentes: retroescavadeiras, escavadeiras, manipuladores telescópicos e pás carregadeiras.

Além do valor investido na construção da fábrica, entre 2015 e 2018, foram feitos aportes no Brasil de US$ 15 milhões, com foco no aumento da produção local, na consolidação da rede de distribuição e no lançamento de novos produtos. Já em 2019, a JCB anunciou um novo ciclo de investimento local de US$ 25 milhões, para continuar aprimorando a linha de produtos para toda a América Latina.

Como marca histórica, em novembro de 2018 a empresa JCB atingiu o marco de 20.000 máquinas produzidas no Brasil, e neste ano, em março, a montadora inglesa fabricou a sua retroescavadeira de número 750 mil na fábrica de Rocester, Staffordshire, onde a primeira retroescavadeira JCB foi construída.

Sem Comentários

Insira um Comentário