Cofap amplia catálogo de pastilhas de freios

Cofap amplia catálogo de pastilhas de freios

Mais soluções para o mercado de reposição

A Marelli Cofap Aftermarket, dona do maior portfólio de peças para o mercado de reposição, anuncia o lançamento de mais 19 códigos de pastilhas de freios com a marca Cofap. As novidades atendem veículos de marcas premium como Audi, BMW e Mercedes-Benz, entre outras.

Componente indispensável para garantir a segurança dos ocupantes do carro, as pastilhas de freio nem sempre recebem a devida atenção do motorista. O desgaste da peça varia muito, dependendo da forma de como se dirige. Utilizar o recurso da “banguela” em veículos com câmbio manual, segurando o carro somente no freio, acelera o desgaste das pastilhas. Nos carros com câmbio automático sem o recurso de troca manual e nos carros com câmbio CVT, o desgaste de pastilhas também é mais acentuado, já que não há o recurso de freio motor. De qualquer maneira, em qualquer caso, vale a dica: faça sempre a revisão preventiva das pastilhas de freio.

Os técnicos da Marelli alertam que, ao perceber desvios na trajetória ao acionar o pedal do freio e ineficiência na frenagem, é preciso procurar uma oficina de confiança. Um forte sinal indicativo de desgaste das pastilhas é o ruído característico, provocado pelo contato do sensor de desgaste mecânico contra a superfície do disco de freio. Se a troca for necessária, a recomendação é usar produtos de qualidade e durabilidade reconhecida, como os componentes Cofap. A substituição das pastilhas de freio no momento adequado é importante também para evitar maiores custos com a eventual necessidade da troca dos discos de freio, que invariavelmente são danificados caso pastilhas desgastadas sejam mantidas em operação.

Confira os novos códigos das pastilhas de freio Cofap: PFC240021 (BMW Série 1, Série 3, X1 – traseira); PFC030066 (Citroën Jumper, Fiat Ducato, Peugeot Boxer – dianteira); PFC510003 (CAOA CHERY Tiggo 5X 1.5 a partir de 2019 – dianteira); PFC510004 (CAOA CHERY Tiggo 5X 1.5 a partir de 2019 – traseira); PFC010050 (Audi Q3, Volkswagen Passat e Tiguan – dianteira); PFC010051 (Audi A3 Sportaback 1.4/1.8 16V TFSI a partir de 2012 -traseira); PFC010053 (Volkswagen Golf GTI 2.0 TSI a partir de 2014 – traseira); PFC240020 (BMW X1 18i e 20i s Drive de 2006 a 2015 – dianteira); PFC080040 (Ford Edge 3.5L V6 a partir de 2008 – dianteira); PFC010052 (Volkswagen Touareg e Land Rover Range Rover – dianteira); PFC100021 (Honda New Civic Sedan Si 2.0 16V a partir de 2007 – dianteira); PFC020026 (Mercedes-Benz Nova Sprinter 515 a partir de 2012 – traseira); PFC020027 (Mercedes-Benz Nova Sprinter 311/415/515 a partir de 2012 – dianteira); PFC040052 (GM Equinox LT 2.0 Turbo a partir de 2018 e GM Equinox Premier 2.0 Turbo AWD a partir de 2018 – dianteira); PFC040053 (GM Nova Geração Onix a partir de 2000 – dianteira); PFC100020 (Honda Accord a partir de 2013 – traseira); PFC320025 (Hyundai Azera a partir de 2012 – dianteira); PFC320024 (Hyundai Azera a partir de 2012 – traseira); PFC320026 (Hyundai Creta 1.6/2.0 a partir de 2017 e Kia Cerato2.0 a partir de 2000 – dianteira); PFC030068 (Fiat Ducato Multi a partir de 2010, Fiat Ducato Série 18 2.3/2.8, a partir de 2001, Peugeot Boxer, vários modelos, Citroën Série 35, de 2001 a 2004 – dianteira).

Além das pastilhas de freios, a Marelli Cofap Aftermarket amplia o seu portfólio de autopeças com novos códigos de bandejas de suspensão, terminais axiais e de direção. Com isso, a empresa segue em sua estratégia de apresentar ao mercado cerca de 1.000 novos itens até o final deste ano, apesar das limitações impostas pela pandemia.

A linha de bandejas agora conta com mais quatro novos códigos: dois para o modelo Tracker, da GM, e outros dois para Polo, Virtus, T-Cross e Nivus, da Volkswagen.  As novidades são: BJC04150M (Tracker LS/LT/LTZ 1.8, de 2014 a 2016; Tracker Freeride 1.8, de 2014 a 2016; Tracker LT/LTZ 1.4 Turbo, de 2017 a 2020, lado direito), BJC04149M (Tracker LS/LT/LTZ 1.8, de 2014 a 2016; Tracker Freeride 1.8, de 2014 a 2016; Tracker LT/LTZ 1.4 Turbo, de 2017 a 2020, lado esquerdo), BJC01056M (Polo a partir de 2017, Virtus a partir de 2018, T-Cross 1.0 Turbo a partir de 2019, T-Cross 1.4 Turbo a partir de 2019, Nivus a partir de 2020, lado direito) e BJC01057M (Polo a partir de 2017, Virtus a partir de 2018, T-Cross 1.0 Turbo a partir de 2019, T-Cross 1.4 Turbo a partir de 2019, Nivus a partir de 2020, lado esquerdo).

Na família de componentes de direção, os lançamentos são um terminal axial e nove terminais de direção. O código do terminal axial é TAC33008M, destinado aos Kia Soul fabricados de 2009 a 2014. Já os novos terminais de direção são: TDC04019M (Chevrolet Captiva, a partir de 2010), TDC32007M (Hyundai Santa Fé, a partir de 2006, lado esquerdo), TDC32008M (Hyundai Santa Fé, a partir de 2006, lado direito), TDC33001M (Hyundai Sonata, a partir de 2011, lado esquerdo), TDC33002M (Hyundai Sonata, a partir de 2011, lado direito), TDC32009M (Hyundai Tucson, de 2005 a 2017; Kia Sportage, de 2004 a 2010, lado esquerdo), TDC32010M (Hyundai Tucson, de 2005 a 2017; Kia Sportage, de 2004 a 2010, lado direito), TDC39001M (Mitsubishi L200 Triton, a partir de 2018; Pajero Dakar, a partir de 2011; Pajero Full, de 2001 a 2007, lado esquerdo), TDC39002M (Mitsubishi L200 Triton, a partir de 2018; Pajero Dakar, a partir de 2011; e Pajero Full, de 2001 a 2007, lado direito).

Sem Comentários

Insira um Comentário