Filmes sobre Getúlio Vargas e João Goulart no Curta!

Filmes sobre Getúlio Vargas e João Goulart no Curta!

Esta semana no canal Curta!, a central brasileira dos documentários relevantes: “Getúlio”, de João Jardim, e “Jango”, de Silvio Tendler, dois filmes sobre ex-presidentes brasileiros

Esta semana, o canal Curta! apresenta conteúdos especiais para quem gosta de história do Brasil. As trajetórias de dois presidentes que marcaram a política nacional durante o século XX estarão na programação através de uma ficção baseada na realidade e de um documentário.

A cinebiografia “Getúlio”, de João Jardim, traz o ator Tony Ramos na pele de uma das personalidades mais controversas e, ao mesmo tempo, importantes desde a Proclamação da República: Getúlio Vargas. O filme narra os acontecimentos dos últimos meses de vida do estadista, a partir da crise gerada após o episódio conhecido como “atentado da Rua Tonelero”. A tentativa de assassinato do adversário político de Vargas, o jornalista Carlos Lacerda, acaba por vitimar seu segurança particular e é o estopim de uma série de fatos que culminam no suicídio de Vargas. A exibição é na Quarta do Cinema, 12 de maio, às 22h

Já em “Jango”, documentário de Silvio Tendler, é retratado um período turbulento da história recente brasileira: a queda de João Goulart, presidente democraticamente eleito, após um golpe militar que iniciaria uma ditadura de mais de 20 anos. O longa é recheado de imagens de arquivo e entrevistas com figuras pessoalmente envolvidas naquele episódio histórico, como Leonel Brizola, Celso Furtado, Afonso Arinos e Frei Betto. O filme mostra também o funeral do presidente, morto durante o exílio, cuja divulgação fora censurada na época. A trilha sonora é de Milton Nascimento e Wagner Tiso. A exibição é na Sexta da Sociedade, 14 de maio, às 20h.

Quarta de Cinema (Filmes e Documentários de Metacinema) – 12/05

22h – “Getúlio” (Cinebiografia)
Agosto de 1954. O jornalista de oposição Carlos Lacerda sofre um atentado à bala na porta da sua casa, em Copacabana. O pistoleiro erra o tiro e mata o major da Aeronáutica Rubens Vaz, que fazia a segurança de Lacerda. O presidente da República, Getúlio Vargas, é acusado de mandar matar o maior inimigo político do seu governo. Getúlio passa a ser pressionado por lideranças militares e pela oposição para renunciar ao mandato. As investigações mostram que a ordem para o atentado saiu de dentro do Palácio do Catete. Ao lado da filha, Alzira Vargas, seu braço direito na presidência, e colaboradores fiéis como Tancredo Neves e o general Zenóbio da Costa, Getúlio tenta se manter no poder e provar sua inocência. Diante das ameaças que pedem a deposição imediata do presidente, Getúlio comete um ato extremo. Diretor: João Jardim. Duração: 94min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos: 13 de maio, quinta-feira, às 02h e 16h; 14 de maio, sexta-feira, às 10h; 15 de maio, sábado, às 15h10; 16 de maio, domingo, às 22h05.

Sexta da Sociedade (História Política, Sociologia e Meio Ambiente) – 14/05

20h – “Jango” (Documentário)
O filme refaz a trajetória política de João Goulart, o 24° presidente brasileiro, que foi deposto por um golpe militar nas primeiras horas de 1º de abril de 1964. A reconstituição da trajetória de Goulart é feita através da utilização de imagens de arquivo e de entrevistas com importantes personalidades políticas como Afonso Arinos, Leonel Brizola, Celso Furtado, Frei Betto e Magalhães Pinto, entre outros. O documentário captura a efervescência da política brasileira durante a década de 1960 sob o contexto histórico da Guerra Fria. “Jango” narra os detalhes do golpe e se estende até os movimentos de resistência à ditadura, terminando com a morte do presidente no exílio e imagens de seu funeral, cuja divulgação foi censurada pelo regime militar. Diretor: Silvio Tendler. Duração: 120 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 15 de maio, sábado, às 0h; 17 de maio, segunda-feira, às 01h e às 14h; 18 de maio, terça-feira, 08h

Sem Comentários

Insira um Comentário