Show: Johnny Hooker e Gaby Amarantos no Afetos

Show: Johnny Hooker e Gaby Amarantos no Afetos

Em seu mês de aniversário, a Casa apresenta lives com conversas intimistas entre artistas de diferentes gerações e movimentos

Mais uma vez longe dos palcos, mas trabalhando muito para continuar conectando artistas e públicos, a Casa Natura Musical completa, em maio de 2021, quatro anos de atividade. Desde a sua inauguração, em 11 de maio de 2017, a Casa se posiciona como um espaço que se propõe a ser mais que uma casa de shows, atuando como um equipamento cultural que celebra a pluralidade da música brasileira e amplifica as vozes de artistas, coletivos e movimentos de todo o país, conectando fãs e artistas por meio da sua programação física e produção de conteúdo virtual.

Empreendimento dos sócios Paulinho Rosa (Canto da Ema), Edgard Radesca (Bourbon Street) e Vanessa da Mata, a Casa Natura Musical, nos seus quatro anos de funcionamento, já realizou mais de 400 shows que reuniram 500 artistas, trazendo um público estimado em mais de 150 mil pessoas, além de mais de 160 lives, reunindo mais de 250 artistas de Estados como Minas Gerais, Acre, Bahia, Roraima, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e o Distrito Federal, entre muitos outros.

Para comemorar seu aniversário, as lives de Afetos, série baseada em bate-papos musicais acolhedores entre artistas de diferentes cenas, foram pensadas considerando a temática do mês, Mais Que Uma Casa de Show, e focando em encontros que contrapusessem artistas de diferentes gerações e movimentos musicais.

No dia 6 de maioCéu e Thalma de Freitas se reuniram num encontro dedicado ao Dia das Mães (o registro está no IG @casanaturamusical). No dia 13 de maioDuda Brack Ney Matogrosso protagonizaram uma live sobre o presente e o futuro da canção brasileira, também disponível para o público assistir.

Johnny Hooker e Gaby Amarantos promovem o encontro do pop de Recife e Belém na live do dia 20 de maio. O paulista Tato, vocalista do Falamansa, recebe a pernambucana Anastácia numa live em homenagem à Rainha do Forró, que completa 81 anos este mês, no dia 27 de maio. Para fechar as comemorações, na semana do meio ambiente, Lenine conversa com Guy Marcovaldi e Neca Marcovaldi, coordenadores do Projeto Tamar, no dia 3 de junho.

Os nomes acima se associam também à pluralidade de vozes, movimentos, gerações e gêneros que já passaram pelo espaço físico da Casa Natura Musical. Alguns dos destaques ao longo desses anos são Dona Onete, Linn da Quebrada, Lia de Itamaracá, Alceu Valença, Margareth Menezes, Maria Rita, Luedji Luna, Gal Costa, Emicida, Baco Exu do Blues, João Bosco, Duda Beat, LinikerJohnny Hooker, Clarice Falcão, Mestrinho, Silva, Rubel e Jorge Drexler, artista uruguaio e nome de destaque na música mundial.

As pautas trabalhadas tanto no palco físico quanto virtual abordam temas de profunda reflexão, como diversidade, igualdade racial, direito das mulheres, autocuidado, aceitação autocuidado e meio ambiente. Algumas lideranças dessas frentes que já participaram da programação online da Casa são os líderes indígenas e ambientalista Ailton Krenak e Sônia Guajajara, além da ambientalista Angela Mendes, filha de Chico Mendes.

Por realizar e promover  eventos  que se relacionam com temáticas ligadas à diversidade de gênero e corpos, a Casa recebeu, em 2020, o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade, um distintivo por incluir em suas diretrizes, propostas artísticas e canais de comunicação a diversidade e inclusão LGBTQIA+.

Serviço:

CASA NATURA MUSICAL
Endreço: Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo
www.casanaturamusical.com.br e www.sympla.com.br.
https://www.facebook.com/CasaNaturaMusical
https://www.instagram.com/casanaturamusical/
www.twitter.com/casanaturamus

Sem Comentários

Insira um Comentário