Do L 312 ao conectado Novo Actros, Mercedes-Benz em 65 anos de evolução nas estradas

Do L 312 ao conectado Novo Actros, Mercedes-Benz em 65 anos de evolução nas estradas

Marca ocupa posição de destaque no desenvolvimento tecnológico de caminhões cada vez mais eficientes, conectados, confortáveis e seguros

No Brasil, pensou em caminhão, pensou em um Mercedes-Benz. Há 65 anos, a marca, que há mais tempo produz veículo comerciais no país, se tornou a principal parceira de trabalho dos caminhoneiros e transportadores se destacando pelo seu propósito em conhecer profundamente a realidade do setor. Assim, ao longo de sua história, a marca sempre trouxe ao mercado grandes novidades e inovadoras tecnologias de dirigibilidade, conforto e segurança, como o primeiro caminhão que freia sozinho e o primeiro modelo autônomo a entrar em uma operação regular.

O caminhão Mercedes-Benz, aliás, sempre esteve na linha de frente na evolução do setor. Foi o primeiro a ser fabricado no País (o pioneiro L 312, o “Torpedo”, de 1956), o primeiro movido a diesel (conceito trazido ao Brasil pela própria marca) e o primeiro a apresentar o motor com gerenciamento eletrônico (em 1998), introduzindo tecnologias que pudessem trazer a melhor relação custo e benefício para o transportador. E, na grande transformação tecnológica, a Mercedes-Benz foi a primeira fabricante de veículos comerciais a trazer para sua estratégia o conceito 4.0 de produção, veículos e serviços, representado pelo inovador Novo Actros, o caminhão mais inteligente, eficiente, digital, conectado e seguro do Brasil.

Fatos marcantes na vanguarda tecnológica

Ano Modelo Destaque
1956 L 312 1º caminhão fabricado no Brasil, o “Torpedo”
1958 L 321 1º “cara chata” da marca
1960 LA 321 1º com tração total 4×4
1964 L 1111 “Bicudo”, clássica cabina arredondada
1967 LP 1520 Novo modelo com cabina avançada
1970 L 1113 Com o L 1111, os caminhões mais vendidos do Brasil em todos os tempos: 240.000 unidades
1972 L 608 D “Mercedinho”, o 1º caminhão leve a diesel do Brasil
1989 Linha HPN Novos médios e semipesados “bicudos” quadrados
1991 Linha FPN Novos médios e semipesados “cara chata”
1993 Top Brake Exclusivo freio-motor adicional
1996 710 e 1620 Entre os caminhões mais vendidos no Brasil
1998 Tecnologia Pioneirismo: freio a disco para caminhões e motor com gerenciamento eletrônico
2000 L 1620 6×2 O caminhão preferido do caminhoneiro autônomo
2003 Accelo Nova geração de caminhões leves da marca
2004 Atego Nova geração de médios e semipesados
2005 Axor Nova geração de extrapesados on e off-road
2007 Actros 8×4 Lançamento do modelo 4144 8×4 off-road
2009 História 1.000.000 de caminhões vendidos no Brasil
2010 Actros Lançamento dos modelos rodoviários 2646 e 2546
2011 Atron Nova geração de caminhões “bicudos”
2015 Accelo 6×2 Accelo 1316 6×2 para o segmento de médios
2018 Axor 3131 Autônomo 1° Caminhão autônomo em operação regular no Brasil
2019 Novo Actros O caminhão mais inteligente do Brasil
Sem Comentários

Insira um Comentário