Can-Am reforça apoio às equipes para provas de rali em 2021

Can-Am reforça apoio às equipes para provas de rali em 2021

Equipes irão disputar provas com o Maverick X3, buscando o nono título no Sertões e ainda outros nacionais

A Can-Am, marca de veículos off-road do Grupo BRP, já está preparada para levantar a poeira nas competições pelo Brasil em 2021, seguindo todos os protocolos e orientações das autoridades em saúde de cada localidade. A marca, que é a preferida dos pilotos de UTVs, confirmou apoio a grandes equipes do segmento para este ano.

As equipes que contarão com o apoio da marca, que é oito vezes campeã do Sertões, largarão com o Can-Am Maverick X3. O modelo sai de fábrica com 195hp, a maior potência original de seu segmento. O UTV tem o maior curso de suspensão e ergonomia totalmente focada no conforto do piloto, alguns dos atributos que fazem dele o preferido dos competidores.

Para Fernando Alves, Country Manager da BRP para o Brasil, o ano de 2021 ainda não apresentou mudanças significativas em relação à saúde pública, porém a Can-Am mantém seu compromisso de incentivo ao esporte. “Apoiar o esporte sempre foi uma missão da BRP. Este ano, mesmo com as incertezas em cada região, seguiremos com nosso apoio às equipes e aos eventos que puderem ser realizados, sempre priorizando a saúde dos competidores e dos cidadãos das localidades por onde passarem. Além do lado esportivo é importante também destacar as ações paralelas aos ralis que elevam ainda mais o comprometimento de todos em promover a responsabilidade social e incentivo às economias locais”, comentou o executivo.

Vencedora das últimas oito edições do Sertões, a marca está renovando o apoio à equipe Can-Am Monster Energy Divino Fogão Rally Team com a família Varela, com os pilotos Reinaldo, Rodrigo, Gabriel e Bruno.

“A Can-Am tem sido fundamental em nossos resultados nos últimos anos”, diz Reinaldo Varela. “Especialmente nos ralis, a resistência dos produtos e a confiabilidade da marca são fundamentais. Fatores como torque nas retomadas, capacidade de resistir a saltos não apenas altos, mas também longos, manobrabilidade e equilíbrio nas várias situações definem não apenas o seu resultado na prova, mas também a sua segurança. Nosso Maverick X3 nos dá confiança para passar pelos mais difíceis tipos de piso que um veículo pode enfrentar. O Can-Am é um guerreiro”, descreveu o patriarca da família Varela, que já disputou as principais competições off-road na categoria UTV, sendo o piloto responsável pelo título do Maverick X3 no Dakar em 2018, o primeiro entre os 4 títulos conquistados pela Can-Am na competição. Em 2019, o piloto adicionou o título mundial FIA ao currículo, também o primeiro da marca nessa categoria.

Neste ano, a marca também confirma o apoio a Nelsinho Piquet. A Can-Am firma a parceria com a equipe Piquet Sports e não promocionalmente com o atleta como foi no ano de 2020. O piloto irá competir no Sertões e também nos campeonatos de Baja e Cross Country em que sua agenda com outras categorias permita.

“Eu estou muito animado para o Sertões e outras provas este ano. No ano passado fiquei apaixonado por participar de uma prova raiz e possuir uma boa energia de corrida. Além disso, tenho muita sorte de ter a Can-Am como parceira. A categoria dos UTVs é a que mais cresce no mundo inteiro e o Maverick X3 é o veículo que todos os pilotos desejam ter. Você fala em Fórmula 1, Stock Car e Nascar, todos os pilotos, se não tem um, procuram um desse para comprar. Então tenho muita sorte de ter o patrocínio da Can-Am também nas competições”, comenta Nelsinho.

O piloto ainda relata que seu contato com a marca começou há muitos anos, em sua casa nos Lençóis Maranhenses. “Minha história com eles começou lá atrás, quando comprei dois Can-Am com meu sócio, na minha casa dos Lençóis Maranhenses. A partir disso começou meu vínculo com eles, e a marca resolveu trabalhar comigo no Sertões do ano passado e foi maravilhoso” finaliza.

Para Deninho Casarini vencedor do Sertões em 2020, a prova deste ano reserva boas aventuras. “Correr por diversas cidades do nordeste vai ser um grande desafio pois os tipos de terreno da região sempre mostram grandes surpresas. Por outro lado, estar com o Maverick X3 é o ponto alto da prova. O UTV tem bom curso de suspensão e bem trabalhada para o off-road; enfim são muitos os atributos do modelo da Can-Am”.

Outro que renova a parceria é o catarinense Deni nascimento “Ralis são desafiadores e Sertões é Sertões, eu sempre digo que é a maior prova do mundo quando o assunto é rally e ficamos ainda mais animados quando o UTV que vamos competir é o Maverick X3, que é um veículo que proporciona uma condução fantástica. Ter a Can-Am como parceira é um prazer para nós pilotos”, afirma Deni, vencedor do Sertões em 2019.

A diversidade nesse esporte também é um ponto de relevância para a Can-Am. Por isso, a empresa também irá apoiar novamente a experiente piloto Helena Deyama. Com 26 anos de experiência em competições off-road, Helena acumula vitórias nas principais delas, como Rally Cross Country e Rally Baja com UTV, além das 14 participações no Sertões.

Com orgulho, a piloto sustenta o pioneirismo em participação feminina no Sertões, na categoria UTV, e neste ano, repete a dose na direção de um Maverick X3.

0 países, nossa força de trabalho global é composta por mais de 14.500 pessoas motivadas e habilidosas.

Sem Comentários

Insira um Comentário