Cinema: “Um Conto de Amor e Desejo” estreia hoje

Cinema: “Um Conto de Amor e Desejo” estreia hoje

Longa-metragem da diretora tunisiana Leyla Bouzid recebeu o prêmio de melhor filme no Festival Du Film Francophone D’Angoulême e Sami Outalbali foi indicado ao Cesar como ator revelação

Estrelado pelo jovem francês Sami Outalbali, da série “Sex Education”, o longa-metragem “Um Conto de Amor e Desejo” chega hoje, 28, aos cinemas de nove cidades depois de passar pelos festivais de Cannes, du FIlm Francophone d’Angoulême e do Varilux de Cinema Francês do ano passado. São elas: Aracaju, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória. Em Fortaleza, o filme estreia no dia 5 de maio.

Dirigida pela tunisiana Leyla Bouzid (“Assim que Abro Meus Olhos”) e distribuída no Brasil pela Bonfim, a elogiada produção conta uma história sobre descobertas, aprendizado e libertação na periferia da Paris contemporânea. Por seu papel, Sami foi indicado ao César 2022 como Revelação Masculina e o longa recebeu o prêmio de Melhor Filme no Festival du FIlm Francophone d’Angoulême 2021. Ele esteve no Brasil integrando a delegação francesa no Varilux.

A trama acompanha Ahmed Ouannas, um calouro da universidade Sorbonne que começa a estudar literatura e ter contato com diversas novas obras e assuntos radicalmente diferentes dos seus costumes e de sua família, dentre eles a literatura erótica árabe. Em uma dessas aulas, ele conhece a atraente jovem Farah (Zbeida Belhajamor), que também abala inúmeras de suas percepções sobre o corpo, prazer e a sexualidade e lhe oferece um novo olhar sobre relacionamentos amorosos.

Em entrevista à Variety, a diretora Leyla Bouzid comentou sobre o choque entre os dois mundos que passam a coexistir na vida do protagonista a partir de seu ingresso na faculdade: as raízes árabes e suburbanas de Ahmed, que mora na periferia de Paris e descende de uma família que fugiu da Argélia, e a rotina vibrante, boêmia e romântica do centro de Paris, onde ele passa a frequentar diariamente e viver desafiadoras experiências.

“Filmar o corpo de um jovem árabe, mesmo que ele seja francês, como isso é visto pelos outros, já é algo político: interessar-se por seu corpo, sua pele, sua sexualidade já é algo político”, afirmou a diretora. Segundo ela, a ideia da produção era “propor outra visão de masculinidade, outro tipo de história que não foi apresentada em outros filmes. É algo que está ausente do nosso cinema.”, avalia Bouzid.

Ficha técnica

Um Conto de Amor e Desejo (Une Histoire D’amour et de Désir) – 2021 / 1h42 / Drama, Romance

Com: Sami Outalbali, Zbeida Belhajamor, Diong-Keba Tacu

Direção: Leyla Bouzid

Classificação pretendida: 14 anos

Distribuição no Brasil: Bonfilm

Selecionado para a Semana da Crítica de Cannes 2021

Prêmio de Melhor Filme no Festival du FIlm Francophone d’Angoulême 2021

Sinopse: Ahmed, 18 anos, é francês de origem argelina. Cresceu nos subúrbios parisienses. Nas bancadas da universidade, ele conhece Farah, uma jovem tunisiana cheia de energia que acaba de chegar de Túnis. Ao descobrir uma coletânea de literatura árabe sensual e erótica da qual ele nunca soube, Ahmed apaixona-se perdidamente por esta jovem e, apesar de literalmente inundado de desejo, ele vai tentar resistir.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário